Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Entrar Cadastre-se

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    386.687 questões encontradas
    01
    Q519794
    Ano: 2015
    Banca: BIO-RIO
    Órgão: ETAM
    ATENÇÃO: a charge a seguir refere-se  a questão abaixo:




    A afirmativa correta sobre os componentes verbais e visuais da charge acima é:

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.

    02
    Q519795
    Ano: 2015
    Banca: BIO-RIO
    Órgão: ETAM
    ATENÇÃO: a charge a seguir refere-se  a questão abaixo:




    A frase da charge – Saques superaram os depósitos na caderneta de poupança -, se colocada na voz passiva, teria como forma verbal adequada:

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.

    03
    Q519796
    Ano: 2015
    Banca: BIO-RIO
    Órgão: ETAM
                                                                             CADERNETA DE POUPANÇA
          Um dos investimentos mais tradicionais dos brasileiros, a caderneta de poupança registrou a maior saída de recursos da história em fevereiro.
        De acordo com o Banco Central, os saques superaram os depósitos em R$ 6,263 bilhões no mês passado. É o pior resultado em 20 anos, quando o Banco Central iniciou o levantamento em 1995.
       O volume de fevereiro supera outro recorde, o de janeiro, quando o buraco entre retiradas e depósitos ficou em R$ 5,5 bilhões de reais.
          Entre os motivos que ajudam a explicar o aumento dos saques da caderneta de poupança estão o maior endividamento das famílias e a inflação mais elevada, fatores que levam os consumidores a usar o dinheiro guardado para honrar seus compromissos.
        Além disso, com a taxa de juros ainda mais alta, a aplicação se torna menos atrativa na comparação com outros tipos de investimentos. Para se ter uma ideia da intensidade da sangria na poupança, a soma das retiradas nos dois primeiros meses deste ano chega perto de R$ 12 bilhões reais. É o triplo das saídas no mesmo período de 2014.
    No primeiro período do texto - Um dos investimentos mais tradicionais dos brasileiros, a caderneta de poupança, registrou a maior saída de recursos da história em fevereiro – a palavra cuja variação de número altera o significado do texto é:

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.

    04
    Q519797
    Ano: 2015
    Banca: BIO-RIO
    Órgão: ETAM
                                                                             CADERNETA DE POUPANÇA
          Um dos investimentos mais tradicionais dos brasileiros, a caderneta de poupança registrou a maior saída de recursos da história em fevereiro.
        De acordo com o Banco Central, os saques superaram os depósitos em R$ 6,263 bilhões no mês passado. É o pior resultado em 20 anos, quando o Banco Central iniciou o levantamento em 1995.
       O volume de fevereiro supera outro recorde, o de janeiro, quando o buraco entre retiradas e depósitos ficou em R$ 5,5 bilhões de reais.
          Entre os motivos que ajudam a explicar o aumento dos saques da caderneta de poupança estão o maior endividamento das famílias e a inflação mais elevada, fatores que levam os consumidores a usar o dinheiro guardado para honrar seus compromissos.
        Além disso, com a taxa de juros ainda mais alta, a aplicação se torna menos atrativa na comparação com outros tipos de investimentos. Para se ter uma ideia da intensidade da sangria na poupança, a soma das retiradas nos dois primeiros meses deste ano chega perto de R$ 12 bilhões reais. É o triplo das saídas no mesmo período de 2014.
    A opção em que o termo sublinhado é um complemento nominal e não um adjunto adnominal é:

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.

    05
    Q519798
    Ano: 2015
    Banca: BIO-RIO
    Órgão: ETAM
                                                                             CADERNETA DE POUPANÇA
          Um dos investimentos mais tradicionais dos brasileiros, a caderneta de poupança registrou a maior saída de recursos da história em fevereiro.
        De acordo com o Banco Central, os saques superaram os depósitos em R$ 6,263 bilhões no mês passado. É o pior resultado em 20 anos, quando o Banco Central iniciou o levantamento em 1995.
       O volume de fevereiro supera outro recorde, o de janeiro, quando o buraco entre retiradas e depósitos ficou em R$ 5,5 bilhões de reais.
          Entre os motivos que ajudam a explicar o aumento dos saques da caderneta de poupança estão o maior endividamento das famílias e a inflação mais elevada, fatores que levam os consumidores a usar o dinheiro guardado para honrar seus compromissos.
        Além disso, com a taxa de juros ainda mais alta, a aplicação se torna menos atrativa na comparação com outros tipos de investimentos. Para se ter uma ideia da intensidade da sangria na poupança, a soma das retiradas nos dois primeiros meses deste ano chega perto de R$ 12 bilhões reais. É o triplo das saídas no mesmo período de 2014.
    O fato de as cadernetas terem registrado a maior saída de recursos da história em fevereiro indica, segundo o texto:

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.