O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

DÊ UM UPGRADE NA SUA PREPARAÇÃO - Torne-se assinante e transforme seus estudos!

Como funcionam as etapas de um concurso público

Um dos primeiros pensamentos que passam pela cabeça de um concurseiro novato que escolhe seguir o caminho da carreira pública é a divulgação do edital e as provas, diretamente. Assim, em muitos casos, ele aguarda a publicação do documento para começar a se preparar com o conteúdo programático presente.

Quem já está nesse percurso de concurso público há algum tempo sabe que a preparação para um concurso público deve ser iniciada muito antes do lançamento do edital, que até sair no Diário Oficial, passa por diversos trâmites até de fato a realização da seleção.

Quando você conhece todas as etapas que envolvem a realização de um concurso público, suas estratégias de estudos são mais direcionadas e seu foco e tempo de dedicação mais assertivos. A partir da autorização de um concurso, por exemplo, há diversos procedimentos e prazos até a publicação oficial do edital, a abertura das inscrições e o período de provas, permitindo tomar decisões e fazer escolhas mais inteligentes.

Leia mais: como passar em concurso público

Visto isso, temos uma ideia de que um concurso público não começa apenas com a publicação do edital e a sua inscrição. Além da leitura atenta e dos estudos direcionados, diversos procedimentos ocorrem para que uma seleção seja possível.

Afinal, a palavra concurso significa “ato de entrar em concorrência com outros por pretender alguma coisa”. E toda carreira pública apresenta um grau de concorrência por vaga muito alto, o que faz com que a seleção seja cada vez mais competitiva. Assim, destaca-se quem tem mais domínio em praticar concursos e isso se relaciona a todos os processos que o envolvem, não só a prova em si.

Para isso, este artigo irá te dar uma noção de como acontece esse processo como um todo, evitando surpresas no seu caminho.

Processos de um concurso

Para quem está aterrissando no mundo dos concursos agora, e ainda não tem uma ideia de como funciona, saiba que um concurso não é lançado de repente, sem planejamento ou apenas quando cada instituição determinar.

A maioria das seleções públicas passa por procedimentos padrões e prévios que vão desde o pedido de solicitação de um concurso, passando pela escolha da banca organizadora, até, finalmente, a publicação do edital.

Para te ajudar a entender como funciona um concurso público e alavancar sua preparação, separamos cada uma das tramitações que envolvem uma seleção.

Leia mais: o que é e como funcionam os concursos públicos?

1. Solicitação, autorização do concurso

Antes de enviar um pedido de solicitação para a realização de um novo concurso público, a instituição precisa verificar se há uma previsão no orçamento daquele ano, ou seja, se novos certames estão previstos na Lei Orçamentária Anual de cada estado, de acordo com o que será destinado para as seleções de seu interesse.

Assim sendo, as propostas de concurso podem ser elaboradas pelo gestor do órgão competente ou por uma comissão já formada e encaminhada para aprovação.

No caso de seleções municipais, de Prefeituras, as autorizações devem ser solicitadas à Secretaria de Planejamento, da Fazenda ou Economia e, por fim, sancionadas pelo prefeito antes de serem publicadas nos Diários Oficiais dos estados.

Quando se trata da federação, a instituição deve encaminhar o pedido de concurso ao Ministério da Economia, com a justificativa da seleção. Se aprovado, a autorização do concurso público é publicada nos Diário Oficial da União.

2. Comissão Especial

Após a autorização dos editais, os órgãos da administração pública formam uma comissão especial, um grupo de trabalho que será responsável por definir o regulamento do edital, os elementos necessários para a realização da seleção, e acompanhar todo o concurso público.

A comissão deve ser composta por servidores de várias áreas do órgão que solicitou o concurso, como técnicos, analistas, promotores, procuradores, defensores públicos, entre outros profissionais necessários para presidir e ser um membro.

O grupo de servidores analisa as vagas e os cargos existentes, os que estão vagos e prestes a desocupar, dentro do período de homologação do concurso público, e elaboram um projeto básico de acordo com a necessidade da instituição, órgão ou autarquia.

3. Escolha da banca organizadora

Saber qual banca será a responsável pelo concurso do seu interesse te ajuda a estudar a partir do padrão de prova aplicado pela empresa, além de provas já realizadas pela instituição. Isso facilita a esquematização dos seus estudos e um preparo mais assertivo.

Então, assim que formada a comissão do concurso, inicia-se o processo de licitação ou concorrência pública em que as empresas organizadoras enviam as propostas técnicas, administrativas e orçamentárias para realização do concurso público.

Para isso, o órgão publica, com aval da comissão, um edital específico de licitação ou convocação e as bancas que mais se enquadram no projeto básico do concurso são as escolhidas para dar prosseguimento aos trâmites do certame.

Assim que finalizado o processo licitatório e anunciada a vencedora, a banca é contratada, se tornando responsável por organizar e aplicar todas as etapas do concurso. Além disso, ela define a estrutura, as questões das provas e os processos de classificação.

Com todas essas etapas concluídas, o próximo passo é a elaboração do edital.

4. Publicação do edital

Os gestores do órgão junto à banca escolhida elaboram o edital regulador do concurso a partir do projeto básico definido pela comissão organizadora.

O edital é um documento público que contém todos os processos que o candidato deverá realizar no concurso público e os eventos que irão ocorrer durante toda a seleção.

Nele estão presentes os detalhes do concurso, como as informações sobre o cronograma, quantidade de vagas, cadastro de reserva, qualificações técnicas necessárias, cargos, processos para realização da inscrição, as etapas de seleção, os conteúdo das provas, o método de correção e como será feita a classificação, e por fim, a nomeação.

O edital é publicado nos diários oficiais da União e dos Estados e no site da banca organizadora do concurso. As provas devem ocorrer em cerca de 60 ou 90 dias após a divulgação do documento.

5. Abertura das inscrições

Pode-se dizer que a etapa de inscrição já é a primeira fase de seleção dos concurseiros, visto que muitos esquecem os prazos, e a quantidade de candidatos inscritos define como vai ser a relação candidato a vaga.

Após a publicação do edital é comum ter um período para abertura do período de candidaturas. Geralmente, há um intervalo de tempo que é definido pelas organizadoras.

As datas não são definitivas e podem passar por alterações, assim os candidatos precisam ficar atentos para não perder os prazos estipulados.

A inscrição costuma ser realizada via internet, no site da banca, podendo também ser presencial, e no edital estão presentes todos os procedimentos que o candidato precisa efetuar para realizar o cadastro, como preenchimento de formulários, envio de documentos e o pagamento da taxa de inscrição, caso não tenha direito à isenção do valor de acordo com os requisitos previstos no documento.

Atente-se ao prazo e não dê mole!

6. Etapas de seleção

As provas são aplicadas nos fins de semana e, em geral, são compostas por mais de uma etapa de seleção, que podem ser de caráter eliminatório e classificatório ou apenas um dos dois. As avaliações cobradas podem ser diversas, como:

  • Prova escrita objetiva: pode ser composta de questões de múltipla escolha ou no modelo CERTO ou ERRADO. Essa avaliação tende a ser a primeira etapa de seleção dos concursos, aplicada a todos os candidatos inscritos, independentemente do cargo e do nível de escolaridade.
  • Prova escrita discursiva: a avaliação é composta por uma ou mais questões em que o candidato deve responder de forma dissertativa, com base nos conteúdos específicos listados no edital. Essa avaliação é mais comum em certames de cargos que exigem nível superior.
  • Redação: a prova apresenta um ou mais temas para que o candidato escolha algum e escreva um texto, frequentemente dissertativo-argumentativo, em um número de linhas definido previamente.
  • Prova prática: essa etapa costuma ser aplicada a candidatos inscritos aos cargos específicos, que exigem conhecimentos sobre habilidades necessárias às funções que serão exercidas.
  • Prova de títulos: essa avaliação é aplicada aos candidatos que estão disputando cargos que exigem maior nível de especialização, ou seja, de nível superior. Consiste na análise de títulos, verificação de títulos, validação de títulos e critério de desempate. Na maior parte das seleções, essa etapa é de caráter exclusivamente classificatório.
  • Prova de aptidão física: conhecido como o Teste de Aptidão Física (TAF), essa fase é destinada a cargos que exigem esforço físico, como nos concursos policiais, de guarda municipal e militares. A avaliação é feita por meio de testes físicos propostos de acordo com cada edital.
  • Curso de formação Profissional: alguns candidatos passam pelo CFP, que tem o objetivo de testá-los dentro do ambiente de trabalho, e, em seguida, definirem se estão aptos a exercer o cargo.

Concurso público: conheça os tipos de provas

7. Resultados

O resultado é divulgado após a publicação do gabarito das provas, das notas dos candidatos, da sua classificação e aprovação ou não no concurso. Caso o candidato não concorde com o resultado poderá entrar com recurso exigindo revisão.

8. Homologação, convocação e nomeação

Finalizados os recursos, o resultado final é divulgado com a lista dos aprovados e a classificação de cada candidato. Assim, é feita a homologação do concurso público, quando começa a contar a validade do certame. Dentro desse prazo os candidatos podem ser convocados e nomeados de acordo com as vagas dispostas.

Quer conquistar a aprovação? Estude com Qconcursos!


Quer ficar por dentro das principais notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.