O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

A MAIOR Black Friday está chegando. Inscreva-se e saia na frente 🧡

Como montar um simulado?

O simulado é uma importante ferramenta de estudo porque ajuda o aluno se condicionar para a situação real de prova que irá enfrentar. Mas muitos estudantes se perguntam como ele deve ser elaborado para potencializar o aprendizado e as chances de ser aprovado em um concurso público.

O que é importante para montar um simulado?

Para você que já conhece o Qconcursos.com, existem diversos filtros na seleção de questões que são relevantes para a montagem de um simulado.

Embora seja difícil utilizar todos os filtros de uma só vez, o ideal é que você possa combiná-los para montar simulados úteis para sua aprovação. São eles:

Ano

Este filtro faz com que você escolha questões mais recentes, que apontam tendências mais atuais de temas e estilos de pergunta das provas. Geralmente, as bancas organizadoras mudam seu quadro de professores de cinco em cinco anos, logo, é importante selecionar questões mais recentes na montagem de seu simulado.

Disciplinas e Assuntos

É uma perda de tempo completa fazer um simulado de disciplinas e assuntos que não vão cair em sua prova. Por isso, sempre consulte o edital e utilize este filtro para que seu estudo se concentre apenas no que tem maior chance de cair na hora H. Se o edital de seu concurso não tiver sido publicado ainda, não se preocupe – consulte o edital do último concurso daquela instituição, para aquele cargo e espere sair o novo edital para adaptar seus estudos e seus simulados.

Instituição

As instituições que realizam os concursos públicos têm reuniões periódicas com as bancas organizadoras para indicar quais temas devem ser cobrados, quais devem ter maior ênfase em uma prova e qual deve ser o estilo de pergunta. Por isso, se puder montar um simulado com base nas questões já cobradas pela instituição que promove seu concurso ou por instituições semelhantes ou simétricas, sua chance de entender um pouco mais a vontade institucional e as questões que vão cair na sua prova vão aumentar bastante.

Para ilustrar um pouco mais este caso, vou citar exemplos: as Defensorias Públicas costumam cobrar muito o conhecimento em direitos individuais e garantias constitucionais do processo; as polícias enfocam muito os diferentes tipos de prisão; os Ministérios Públicos sempre cobram temas relacionados aos poderes de investigação do parquet e sobre a ação penal pública. Se escolher questões pela instituição para a qual fará prova, automaticamente estes temas estarão no meio de sua seleção e você estará preparado para resolver tudo na hora da prova.

Mas não restrinja tanto seu filtro! É sempre bom fazer simulados não apenas da instituição para qual fará a prova, mas de outras congêneres, pois a vontade institucional delas é semelhante. Está estudando para a PMRJ e as questões passadas acabaram? Faça simulados com questões da PMSP! Está estudando para Juiz do TRF4 e as questões acabaram? Faça simulados com questões do TRF1! Pense bem... existem dezenas de TJs, Polícias Civis, Secretarias de Fazenda, MPs... se você alargar mais a escolha das instituições para outras semelhantes, de estados diferentes ou até mesmo de outras esferas (federal, estadual e municipal)... terá uma amostra muito maior de questões para montar seus simulados.

Cargo

Cada função pública possui um nível de cobrança muito diferente, por isso tente sempre filtrar questões para seu simulado pelo cargo que almeja. Mas cuidado! Muitas vezes existem cargos iguais com títulos diferentes, como ocorre nos concursos policiais: agente, inspetor, policial, investigador, etc. Isto ocorre porque cada instituição denomina de uma maneira, mas é sempre o mesmo cargo. Sendo assim, pesquise um pouco como as instituições denominam o cargo que almeja. Assim, você pode estudar para o mesmo cargo, ainda que estejam com títulos diferentes.

Banca

Embora as instituições deem a tônica do que deve ser cobrado na prova, é a banca organizadora que elabora a prova de concurso público. Portanto, faça simulados com questões já cobradas pela banca organizadora que irá fazer a sua prova. Assim, você irá se acostumar ao estilo de pergunta, ao padrão de resposta, ao tipo de armadilha ou pegadinha que elas costumar repetir para induzir os candidatos ao erro e você corre o risco até de antever no seu estudo um a questão que se repetirá na hora da prova... porque as bancas repetem muitas questões, acredite!

Para finalizar, vale uma dica importante: ao montar seus simulados no Qconcursos.com, tente ao máximo utilizar os filtros citados acima. Depois que fizer muitos simulados, você vai perceber que o número de questões vai diminuir, claro, porque você já treinou bastante!

Então, flexibilize um pouco os filtros citados para treinar mais e mais. Faça questões da banca dos últimos cinco anos, fortaleça seu conhecimento fazendo simulados combinando as questões de um mesmo cargo de diferentes instituições, fortaleça seu conhecimento numa disciplina em que tem aproveitamento pior...mas nunca se esqueça de utilizar pelo menos um ou dois filtros citados acima, pois eles são os mais importantes para montagem de seus simulados.

Bons estudos!

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.