O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
50%

🍀 O que falta para você alcançar seus objetivos? Garanta até 50% OFF e chegue lá 🚀

Questões de Concurso Público Prefeitura de Balneário Camboriú - SC 2021 para Assistente Administrativo

Foram encontradas 30 questões

Q1686008 Português

Texto

Leia o texto, ele é fragmento de um poema de Carlos Drummond de Andrade.


Procura da poesia

Penetra surdamente no reino das palavras.

Lá estão os poemas que esperam ser escritos.

Estão paralisados, mas não em desespero,

há calma e frescura na superfície intata.

Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.

Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.

Tem paciência, se obscuros. Calma, se te provocam.

Espera que cada um se realize e consume

com seu poder de palavra

e seu poder de silêncio.

Assinale a alternativa que apresenta o tema do texto.
Alternativas
Q1686009 Português

Texto

Leia o texto, ele é fragmento de um poema de Carlos Drummond de Andrade.


Procura da poesia

Penetra surdamente no reino das palavras.

Lá estão os poemas que esperam ser escritos.

Estão paralisados, mas não em desespero,

há calma e frescura na superfície intata.

Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.

Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.

Tem paciência, se obscuros. Calma, se te provocam.

Espera que cada um se realize e consume

com seu poder de palavra

e seu poder de silêncio.

Com base no texto, analise as afirmativas abaixo:


1. O sujeito da primeira oração é “reino das palavras”.

2. Em “antes de escrevê-los” o termo sublinhado (los) refere-se a “teus poemas”.

3. Os poemas podem provocar o escritor ou serem incompreensíveis a ele.

4. A frase “mas não em desespero” traz uma ideia de causa ao contexto em que se insere.

5. Os poemas são encontrados em estado de dicionário, ou seja, paralisados.


Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

Alternativas
Q1686010 Português

Texto

Leia o texto, ele é fragmento de um poema de Carlos Drummond de Andrade.


Procura da poesia

Penetra surdamente no reino das palavras.

Lá estão os poemas que esperam ser escritos.

Estão paralisados, mas não em desespero,

há calma e frescura na superfície intata.

Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.

Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.

Tem paciência, se obscuros. Calma, se te provocam.

Espera que cada um se realize e consume

com seu poder de palavra

e seu poder de silêncio.

Observe a frase retirada do texto:


“há calma e frescura na superfície intata”.


Assinale a alternativa cuja frase apresenta a mesma classificação de sujeito, de predicado e possui a mesma regra de concordância entre sujeito e verbo.

Alternativas
Q1686011 Português

Texto

Leia o texto, ele é fragmento de um poema de Carlos Drummond de Andrade.


Procura da poesia

Penetra surdamente no reino das palavras.

Lá estão os poemas que esperam ser escritos.

Estão paralisados, mas não em desespero,

há calma e frescura na superfície intata.

Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.

Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.

Tem paciência, se obscuros. Calma, se te provocam.

Espera que cada um se realize e consume

com seu poder de palavra

e seu poder de silêncio.

Assinale a alternativa correta.
Alternativas
Q1686012 Português

Texto

Leia o texto, ele é fragmento de um poema de Carlos Drummond de Andrade.


Procura da poesia

Penetra surdamente no reino das palavras.

Lá estão os poemas que esperam ser escritos.

Estão paralisados, mas não em desespero,

há calma e frescura na superfície intata.

Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.

Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.

Tem paciência, se obscuros. Calma, se te provocam.

Espera que cada um se realize e consume

com seu poder de palavra

e seu poder de silêncio.

Em nenhuma das frases abaixo a crase foi usada.


Assinale a alternativa em que ela é obrigatória.

Alternativas
Respostas
1: D
2: C
3: A
4: B
5: E