O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

PC-PA: Anuncia concurso público com 1.500 vagas

O Governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, anunciou na última quarta-feira (24) que serão abertas 1.500 vagas, divididas entre as funções de delegado, escrivão, investigador e papiloscopista, para a Polícia Civil. Todos os cargos exigem formação em nível superior.

Ainda não há previsão de quando o edital será divulgado, porém foi confirmada que a seleção para novos servidores acontecerá ainda esse ano.

Remuneração

De acordo com o último edital, os cargos de investigador, escrivão e papiloscopista tinham remuneração de R$5.204,05, e delegado de R$12.250,00, já incluído os R$650,00 de vale-alimentação. As remunerações atualizadas ainda não foram divulgadas.  

Segundo Alberto Teixeira, delegado-geral da Polícia Civil, a corporação tem déficit de cerca de 2,5 mil servidores, que deve ser amenizado com a realização do próximo concurso.  

Concurso autorizado em 2018

No ano passado já havia sido autorizada a abertura de mais 11 vagas, divididas entre os cargos de assistente social (01 vaga), administrador (05 vagas), psiquiatra (04 vagas) e psicólogo (01 vaga). De acordo com Diário Oficial do Estado, edição do dia 27 de julho de 2018, a banca organizadora para essa seleção já foi definida: será a Assessoria em Organização de Concursos Públicos Ltda. (AOCP). A taxa de inscrição para qualquer um dos cargos estava prevista para R$109,83.

Concurso anterior

O último concurso para a Polícia civil do Pará foi realizado em 2016, e teve como banca organizadora a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab).

O concurso foi dividido em dois editais, da seguinte forma: o primeiro com 150 para o cargo de delegado; o segundo com 500 vagas, sendo 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 para papiloscopista. Todos os cargos têm carga horária de 44 horas semanais.

A taxa de inscrição para delegado foi de R$140,00, e os demais cargos tiveram taxa de R$110,00.

Para se candidatar, era necessário ter 18 anos completos, estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, possuir boas condições de saúde física e mental e não ter antecedentes criminais. Todos os cargos exigiam nível superior. Para delegado, o candidato deveria ter bacharel completo no curso de direito.  

De um total de 42.183 inscritos, 18.205 se candidataram para as vagas de investigador, 14.519 para delegado, 7.709 para escrivão e 1.750 para papiloscopista.  

As provas foram aplicadas em quatro municípios: Belém, Santarém, Marabá e Altamir.

A primeira parte da seleção, para todos os cargos, foi a realização de um teste escrito. Os candidatos às vagas de delegado também tiveram que realizar peça processual. A prova foi composta por 80 questões e teve duração de 5 horas.

As demais etapas foram: Exame de capacitação física; Exame médico;  Exame psicológico; Investigação criminal e social;  e Curso de formação.

Comece seus estudos! Resolva questões online:

Guia de Estudos – Conhecimentos Básicos para Todos os Cargos

Guia de Estudos- Conhecimentos Específicos para os Cargos de Investigador de Polícia Civil e Escrivão de Polícia Civil

Guia de Estudos – Conhecimentos Específicos para o Cargo de Papiloscopista

Resolva questões da instituição

 

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.