O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Concurso IBGE - banca definida para temporários e edital em breve

O concurso IBGE com 400 vagas temporárias para Analista Censitário está com banca definida: AOCP.

Além disso, o edital deve sair em breve, pois já se encontra link disponível para publicação do documento no site da empresa organizadora.

O cargo com a maior disponibilidade de vagas é na área de Gestão e Infraestrutura, com 142 oportunidades, e que requer nível superior em qualquer especialidade.

A remuneração é por volta de R$4 mil.

E o concurso IBGE para Técnicos?

Infelizmente, para servidores efetivos, ainda não há expectativa de edital já que o órgão não enviou novo pedido para realização de concurso. Os órgãos deviam enviar as solicitações de novos certames até o dia 31 de maio.

A falta de pedido de concurso não demonstra que não há necessidade de servidores efetivos.

Em cinco anos, o IBGE perdeu cerca de 20% de pessoal. Em maio, o órgão informou que havia 6.693 cargos vagos, a maior parte de Técnicos, com 5.848 vacâncias.

O último edital para efetivos ocorreu em 2015.

Resumo do concurso IBGE

Quer saber tudo sobre o concurso IBGE temporários?

Nesta matéria, daremos todos os detalhes do concurso IBGE temporários de acordo com o que está descrito no projeto básico.

  • O que são vagas temporárias?
  • As vagas são para quais áreas?
  • Qual estrutura e conteúdo cobrado nas provas?
  • E sobre o concurso de 234 mil vagas?
  • E sobre o último concurso para efetivos no IBGE?

O que são as vagas temporárias?

Há três editais em processo para o Censo 2020. As contratações de temporários são para a organização e auxílio na pesquisa que será realizado no próximo ano.

O primeiro edital foi lançado em maio, com 180 vagas para Recenseador, 25 para Agente Censitário Supervisor e 29 para Agente Censitário Municipal.

A seleção foi destinada para temporários para a realização do Censo Experimental, na cidade de Poços de Caldas. Os temporários tinham contratos de 2 até 6 meses.

Já o segundo é este que será lançado ainda este mês, com 400 para Analistas Censitários, responsáveis pelas atividades de planejamento do Censo 2020.

Os contratos dos temporários, neste edital, é de 12 meses, prorrogáveis por até 36 meses.

A terceira seleção está previsto para setembro e trará a grande oportunidade de 234 mil vagas temporárias para a coleta de dados para o Censo 2020.

A maior parte das vagas será para Recenseadores e Agentes Censitários.

As vagas são para quais áreas?

De acordo com o projeto básico do certame, a divisão de vagas por área será da seguinte forma:

  • Analista de Planejamento e Gestão - 1 vaga
  • Antropologia/ Sociologia/ Ciências Sociais - 12 vagas
  • Analista de Geoprocessamento - 24 vagas
  • Análise de Sistemas - desenvolvimento e aplicações web/mobile - 18 vagas
  • Análise de Sistemas - suporte operacional e de tecnologia - 4 vagas
  • Análise de Sistemas - suporte à produção - 4 vagas
  • Análise Socioeconômica - 7 vagas
  • Biblioteconomia e Documentação - 4 vagas
  • Ciências Contábeis - 30 vagas
  • Desenho Industrial - 1 vaga
  • Economia - 28 vagas
  • Estatística - 2 vaga
  • Gestão e Infraestrutura - 142 vagas
  • Jornalismo - 35 vagas
  • Letras - 1 vaga
  • Logística - 5 vagas
  • Métodos Quantitativos - 55 vagas
  • Produção Gráfica/ Editorial - 2 vagas
  • Programação Visual/ Webdesign - 11 vagas
  • Recursos Humanos - 7 vagas

Importante lembrar que as vagas serão distribuídas por todas capitais do país, além do DF, e o início das contratações está previsto para setembro.  

Qual estrutura e conteúdo cobrado nas provas?

A partir do projeto básico, já é possível saber a estrutura das provas e os conteúdos prováveis no concurso para as 400 vagas de Analista Censitário.

As provas contarão com 60 questões e serão realizadas em um domingo, no período da tarde.

Para a área de Métodos Quantitativos, a prova terá a seguinte estrutura:

  • 20 questões de Língua Portuguesa
  • 20 questões de Conhecimentos Específicos

Para os candidatos na área de Letras, a estrutura modifica para:

  • 15 questões de Raciocínio Lógico
  • 25 questões de Conhecimentos Específicos

Por fim, o restante das provas seguirão o seguinte formato:

  • 15 questões de Língua Portuguesa
  • 35 questões de Conhecimentos Específicos
  • 10 questões de Raciocínio Lógico

A expectativa é de 24.780 candidatos inscritos.

E sobre o concurso de 234 mil vagas?

Segundo setor de Recursos Humanos do IBGE, o projeto básico para o concurso para 234 mil vagas já está pronto.

As contratações estão previstas para janeiro de 2020 e o prazo para publicação de edital é até 6 de setembro.

A portaria que autorizou o concurso dessas vagas possui a previsão de:

E sobre o último concurso para efetivos do IBGE?

O último concurso para efetivos para o IBGE ocorreu em 2015 e ofertou 460 vagas para Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas.

Na época, 477.000 candidatos se inscreveram nas 377 vagas de ampla concorrência enquanto, aproximadamente, 46 mil se candidataram para as 59 vagas de cotas raciais.

Um Técnico do IBGE recebe, no início na carreira, cerca de R$ 3.432,87, mas pode chegar a R$ 8.231,00.

Os servidores contam ainda com benefícios de R$ 458 de auxílio-alimentação, assistência médica e odontológica e auxílio-transporte.

As provas objetivas foram aplicadas no dia 17 de abril de 2016 e a estrutura foi:

  • 20 questões de língua portuguesa
  • 15 questões de geografia
  • 15 questões de matemática
  • 10 questões de conhecimentos sobre o IBGE

Conheça os melhores cursos para Técnico do IBGE, Agente Censitário, Analista Censitário, Recenseador IBGE, Coordenador Censitário,

Fique ligado em nosso blog e acompanhe as principais notícias de concurso em primeira mão.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.