O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
Semana do cliente: assine o Plano Anual Premium com 20% de desconto! Quero aproveitar!

Edital publicado: como estudar para o concurso TRF

O edital do concurso TRF 3 foi divulgado na sexta-feira, 6 de setembro de 2019, e os desafios aumentam para quem sonha ingressar no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que abrange os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, desafios estes que os candidatos ao concurso TRF 4 vivenciaram há pouco tempo.

Para quem busca a aprovação, o momento após a publicação do edital torna-se ouro.

Para ajudar nesta trajetória pós-edital, separamos algumas dicas e informações importantes que podem fazer diferença na prova. Neste artigo você saberá como estudar, quais são as matérias significativas e como as disciplinas foram cobradas no último concurso.

O que você irá encontrar neste texto:

Provas

O concurso do TRF da 3ª Região é organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC) e vai oferecer 9 vagas imediatas, além do cadastro de reserva, para o cargo de Técnico Judiciário Área Administrativa (TJAA) e área da Informática, além do cargo de Analista Judiciário Área Judiciária (AJAJ) e também da área da Informática. As inscrições começam no dia 12 de setembro de 2019.

A avaliação será feita por meio de provas objetiva e discursiva, aplicadas no dia 1º de dezembro de 2019. A prova objetiva terá 60 questões de múltipla escolha de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. Já a prova discursiva será dividida em uma Redação e duas questões de estudo de caso.

AJAJ TJAA
Conhecimentos Gerais 20 (peso 1) 20 questões (peso 1)
Conhecimentos Específicos 40 (peso 3) 40 (peso 3)
Prova Discursiva 2 estudos de caso (peso 2) Redação (peso 1)

As disciplinas cobradas por cargo são as seguintes:

Técnico Judiciário (nível médio)

Conhecimentos Gerais Conhecimentos Específicos
Língua Portuguesa Noções de Direito Administrativo
Raciocínio Lógico-Matemático Noções de Direito Constitucional
Gestão Estratégica Noções de Processo Civil
Direito das Pessoas com Deficiência Noções de Processo Penal
Sustentabilidade Noções de Direito Previdenciário
Governança Corporativa Noções de Direito Tributário

Técnico Informática

Conhecimentos Gerais Conhecimentos Específicos
Língua Portuguesa Conceito Desenvolvimento
Raciocínio Lógico-Matemático
Gestão Estratégica
Direito das Pessoas com Deficiência
Sustentabilidade
Governança Corporativa
Direito Administrativo
Direito Constitucional

Analista Judiciário (nível superior)

Conhecimentos Gerais Conhecimentos Específicos
Língua Portuguesa Conceito Desenvolvimento
Raciocínio Lógico-Matemático
Gestão Estratégica
Direito das Pessoas com Deficiência
Sustentabilidade
Governança Corporativa
Direito Administrativo
Direito Constitucional

Analista Informática

Conhecimentos Gerais Conhecimentos Específicos
Língua Portuguesa Conceito de Engenharia de Software
Raciocínio Lógico-Matemático
Gestão Estratégica
Direito das Pessoas com Deficiência
Sustentabilidade
Governança Corporativa
Direito Administrativo
Direito Constitucional
Conteúdo Saiba o que estudar

Como estudar

De nada adianta saber o conteúdo cobrado na prova se não souber como estudá-lo. Tão importante quanto o conteúdo programático é saber o peso das matérias e a divisão das questões nas provas de um concurso público. Isso ajudará bastante no momento em que for montar o plano de estudos.

Comparando os conteúdos cobrados no concurso do TRF da 4ª Região e no último processo seletivo do TRF 3, que aconteceu em 2013, é possível observar certa semelhança. Veja a comparação.

Questões AJAJ

Disciplina TRF 3 - 2013 TRF 4 - 2019
Português 14 16
Raciocínio Lógico-Matemático 6 4
Constitucional 3 4
Administrativo 4 3
Previdenciário 4 3
Tributário 5 4
Civil 4 4
Penal 4 3
Processo Civil 3 4
Processo Penal 3 2
Pessoas com Deficiência - 2

Questões TJAA

Disciplina TRF 3 - 2013 TRF 4 - 2019
Português 14 14
Raciocínio Lógico-Matemático 6 6
Constitucional 3 6
Administrativo 4 6
Previdenciário 3 3
Tributário 3 3
Civil 5 -
Penal 4 -
Processo Civil 4 5
Processo Penal 4 5
Pessoas com Deficiência - 2

TRF 3 (2019) – Peso das disciplinas

Cada matéria cobrada tem um peso na classificação. Nas provas do cargo de Técnico Judiciário Área Administrativa, as disciplinas com peso 1 são: Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Gestão Estratégica, Sustentabilidade, Governança Corporativa e Direito das Pessoas com Deficiência.

Já as matérias com peso 3 são: Direito Administrativo, Processo Civil e Direito Civil, Direito Constitucional, Processo Penal e Direito Penal, Direito Tributário e Direito Previdenciário.

PREPARE-SE PARA O CONCURSO TRF 3
CURSOS Garanta sua aprovação com aulas completas
CONCURSO Saiba todas as informações sobre o processo seletivo
QUESTÕES Resolva 2 mil questões da instituição

Plano de estudos no pós-edital

A preparação de um concurseiro começa muito antes do lançamento do edital. Porém, os estudos de antes e depois da publicação do documento tão esperado são bem distintos. Diferentemente da situação pré-edital, os estudos pós-edital são mais concretos, com a certeza dos conteúdos que serão cobrados. Neste caso do TRF 3, por exemplo, o edital trouxe três disciplinas que não haviam sido cobradas anteriormente, o que pode causar algumas alterações no seu preparatório.

Com o edital em mãos, você já sabe quais são as matérias que aguardam você, seus pesos e como foram cobradas no último concurso e até mesmo no certame do TRF 4, que ocorreu recentemente. Agora é o momento de reunir as informações e montar um plano de estudos dessa reta final.

O plano de estudos é uma das melhores ferramentas para planejar a rotina e é fundamental para que o candidato tenha a máxima eficácia na utilização do tempo nos meses que precedem a avaliação. Esse ciclo deve compreender a data oficial do dia da publicação do edital ou um dia depois até a véspera da prova, mais precisamente 85 dias.

No planejamento, o candidato poderá distribuir seu tempo disponível entre as disciplinas que devem ser estudadas, revisões a ser feitas, leitura de leis e, como não pode faltar, resolução de questões e simulados.

O método de estudo, entretanto, vai de acordo com o tempo que candidato tem disponível. A carga horária de estudos de uma pessoa que trabalha, por exemplo, será diferente daquela pessoa que está integralmente dedicada aos estudos.

Descanso

Em um prazo tão curto, o rendimento nesses dias é fundamental. Estude todos os dias, estabelecendo um dia de descanso. A partir do momento em que se detecta um estado de fadiga, um intervalo pode ser mais vantajoso para a preparação. No entanto, o candidato deve tomar certos cuidados nos descansos excessivos.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.