O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Faltam 4 dias

⚠️ Atenção: Reserve sua vaga na Black November e não perca o maior desconto!

GARANTIR DESCONTO

Enem 2020: uso de máscara será obrigatório nas provas

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), divulgou no Diário Oficial da União nesta sexta-feira, 31 de julho, um novo edital com retificações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Dentre uma das alterações, o uso de máscara pelos candidatos durante toda a aplicação das provas se tornou obrigatório.

O documento traz também algumas orientações de prevenção a serem seguidas por todos os envolvidos no processo. Segundo o edital:

"A máscara deve cobrir totalmente o nariz e a boca do participante, desde a sua entrada até sua saída do local de provas. Será permitido que o participante leve máscara reserva para troca durante a aplicação".

Além disso, os participantes poderão levar máscara reserva para fazer a troca durante o exame. O candidato que se opuser a utilizar o acessório, será eliminado. O edital também informa que o distanciamento deve ser respeitado durante a apresentação a sala de prova.

Candidatos com autismo, deficiência intelectual, deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que impossibilitem o uso do acessório, serão as exceções a regra.

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) trouxe diversos debates acerca da aplicação do Enem 2020. A atualização do edital trouxe as novas datas, já divulgadas anteriormente. O exame que ocorreria em novembro, foi adiado para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 na versão impressa e para os dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 na digital.

Ao todo 5,8 milhões de participantes estão inscritos, onde somente 96 mil optaram pela prova digital e 5,7 milhões pela versão impressa.

Artigo: Como funciona e para que serve o Enem

Novo Cronograma

De acordo com o edital de retificação, o novo cronograma do Enem contará com as seguintes datas:

  • Provas impressas: 17 e 24 de janeiro
  • Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro
  • Resultados: a partir de 29 de março

Artigo: Como estudar para o Enem

Panorama do Enem

No começo de julho o Ministério da Educação (MEC) anunciou durante uma coletiva de imprensa que o Enem seria aplicado em 2021, mesmo após enquete realizada entre os inscritos no Enem, que optavam pela realização das provas em maio de 2021.

A dúvida em relação a data da prova, era a disparidade de ensino que os alunos os alunos da rede pública teriam em relação aos estudantes da rede privada.

Ao todo, 1.113.350 participantes votaram de forma voluntária no mês de junho, correspondendo a cerca de 19,3% do total de inscritos no Enem deste ano. As três opções disponíveis foram dezembro de 2020, janeiro de 2021 e maio de 2021.

Anteriormente, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estava previsto para acontecer em novembro de 2020, mas a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) mudou esse cenário. Agora, segundo o Inep, por meio de novo edital com retificações, as provas estão oficialmente marcadas para janeiro de 2021 e os participantes deverão seguir algumas regras de prevenção nos dias de aplicação.

GUIA DE ESTUDOS: Saiba o que estudar para o Enem

Provas

As provas do Enem são aplicadas em dois domingos alternados e são compostas ao todo de 180 questões objetivas distribuídas entre quatro áreas do conhecimento com componentes curriculares, além de uma redação. A organização dos dias é feita da seguinte forma:

  • 1º dia: Redação; 45 questões de Linguagens e Códigos; 45 questões de Ciências Humanas
  • 2º dia: 45 questões de Matemática; 45 questões de Ciências da Natureza

Já começou a se preparar para o Enem? Se inscreva na plataforma do Qconcursos e comece a estudar para garantir a sua vaga na universidade.


Quer ficar por dentro das principais notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.