O seu navegador (Unknown Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Questões de Concursos

Próximas questões
Com base no mesmo assunto
Q1915842 Português
EZRA POUND (1885 – 1972)

Em 1945, depois de quatro décadas como um incansável polemista, mesmo sem conquistar a influência pública que desejava, Ezra Pound viu sua vida atropelada pela polêmica pública. Quando o esforço de guerra italiano fracassou, Pound foi trancafiado em uma gaiola ao ar livre em uma base militar americana nos arredores de Pisa e acusado de traição pelas transmissões de rádio pró-fascistas e antissemitas feitas em Roma, atacando abertamente a participação dos Estados Unidos na guerra. Julgado em Washington D.C., Pound escapou da pena de morte apenas por ter impetrado um recurso alegando insanidade. Foi mantido no Saint Elizabeth’s Hospital, manicômio judiciário, pelos 12 anos seguintes. Apesar de tudo, Pound conseguiu criar alguns de seus melhores poemas nesse período. The Pisan Cantos, publicado em 1948, foi saudado por muitos como sua melhor obra até então e laureado com o prestigioso Prêmio Bollingen, apesar de protestos públicos contra a escolha.
Pound trabalhava em Os Cantos, épico modernista, pelo menos desde 1917 e continuaria o esforço pelo resto da vida. Definia a obra épica como um “poema que inclui história”. Em Os Cantos, Pound faz uma tentativa de reorganizar a história humana de acordo com sua galeria pessoal de heróis exemplares e teorias econômicas.
O poema inclui, entre outras coisas, perfis de Odisseu, Confúcio, do presidente americano John Adams e do mercenário italiano Sigismondo Malatesta, entre a condenação da usura e a remessa dos politicamente perversos para um inferno digno de Dante. Depois de 800 páginas, a maratona sucumbe ao peso de sua vasta ambição: “Não sou um semideus / Não consigo fazer sentido”, admite Poud. O que permanece tem a grandeza de um palácio arruinado, com detalhes luminosos sobre as trevas.

(501Grandes Escritores. São Paulo: Sextante, 2009, p. 297). 
Na última parte do texto, o autor utiliza a palavra “mercenário”. Assinale a alternativa que NÃO apresenta um sinônimo para tal palavra: 
Alternativas