O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
Compre hoje com 20% de desconto no plano Premium Anual Assinar agora

Marinha do Brasil: novo edital para preenchimento de vagas na Escola Naval

Foi publicado pela Marinha do Brasil um edital para o preenchimento de 31 vagas para admissão na Escola Naval, instituição de ensino superior que fica na cidade do Rio de Janeiro e que permite o ingresso na carreira oficial após a formatura.

Requisitos

As vagas se destinam a candidatos dos sexos masculino e feminino, com idades entre 18 e 22 anos completos até 1º de janeiro de 2020 e que tenham ensino médio completo, com diploma emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Todos devem ser brasileiros natos ou naturalizados.

Distribuição das vagas e remuneração

Ao todo, serão disputadas 31 vagas para a Escola Naval, sendo 19 oportunidades para homens e 12 para mulheres. Segundo o edital, os aprovados terão quatro anos de estudos em regime de internato, ingressando na Marinha do Brasil como aspirantes. Durante a formação, os vencimentos são de R$ 1.176,00. Ao concluírem o nível superior, já na graduação como segundos-tenentes, o salário passa para R$ 7.490,00.

Inscrições

As inscrições começam no dia 5 de junho e permanecem abertas até 5 de julho. O cadastro pode ser feito pela internet, no site da Marinha do Brasil ou em postos de atendimento presencial que ficam em 23 cidades:

Rio de Janeiro/RJ, São Pedro da Aldeia/RJ, Angra dos Reis/RJ e Nova Friburgo/RJ; Vila Velha/ES; Salvador/BA; Natal/RN; Olinda/PE; Fortaleza/CE; Belém/PA e Santarém/PA; Santana/AP; Parnaíba/PI; São Luís/MA; Rio Grande/RS e Porto Alegre/RS; Paranaguá/PR; Florianópolis/SC; Ladário/MS; Brasília/DF; Santos/SP e São Paulo/SP; Manaus/AM.

A taxa de inscrição será no valor de R$ 106,00.

Etapas do processo seletivo

O concurso público da Marinha do Brasil terá as seguintes etapas:

  • Prova objetiva de Matemática, Inglês, Física e Português;
  • Redação;
  • Eventos complementares, que incluem: verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica, verificação de documentos e outros;
  • Período de adaptação.

Tanto a prova objetiva quanto a redação possuem caráter eliminatório e classificatório. A prova objetiva deve ser dividida em Matemática e Inglês, além de outra de Física e Português. São esperadas 40 questões, sempre com 20 questões para cada disciplina.

A prova objetiva de Matemática e Inglês está prevista para a segunda quinzena de agosto. Já a redação e a prova objetiva de Física e Português devem ocorrer juntas na primeira quinzena de setembro, com um total de cinco horas de duração.

As provas serão aplicadas nos mesmos 23 municípios que possuem centros de atendimento da Marinha do Brasil.

Sobre o período letivo

Os anos letivos na Escola Naval são divididos em período acadêmico, durante o qual os aspirantes se dedicarão a atividades de ensino, atividades físicas e à formação militar, e período de verão, com estágios de adaptação à carreira e imersões em sobrevivência no mar e na selva, além de viagens de instrução.

No terceiro ano letivo, os aspirantes terão a oportunidade de escolher em qual área querem se especializar, tendo como opções três corpos da Marinha do Brasil:

  • Corpo da Armada: mecânica, eletrônica e sistema de armas;
  • Corpo de Fuzileiros Navais: mesmas áreas do Corpo de Armada;
  • Corpo de Intendentes: administração.

Ao concluírem o terceiro ano, os estudantes são considerados guardas-marinha e passam por um período pós-escolar de um ano, completando os quatro anos letivos. Assim, recebem o diploma de graduação em Ciências Navais e são nomeados oficialmente como segundos-tenentes, ingressando na carreira de oficial da Marinha do Brasil.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.