O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Faltam 9 dias

⚠️ Atenção: Reserve sua vaga na Black November e não perca o maior desconto!

GARANTIR DESCONTO

Enem 2020 aceita inscrições até esta sexta-feira

Atenção, estudantes! As inscrições do Enem 2020 terminam às 23h59 desta sexta-feira, 22 de maio. Apesar do adiamento das provas devido à pandemia do Coronavírus (COVID-19), os candidatos ainda podem se inscrever.

Principais informações sobre o Enem 2020:

  • Inscrições: 11 a 22 de maio de 2020
  • Taxa de inscrição: R$ 85,00
  • Provas (Enem impresso): Adiadas
  • Provas (Enem digital): Adiadas
  • Edital impresso
  • Edital digital

Inscrições

Os candidatos interessados em participar do (Exame Nacional do Ensino Médio) devem se inscrever até esta sexta-feira, 22 de maio, via internet, na Página do Participante no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A taxa de inscrição é de R$ 85 e deve ser efetuada até o dia 28 de maio, em agências bancárias, casas lotéricas, correios ou pela Internet.

Nesta edição, os candidatos que não pediram a isenção de taxas, mas que atendem a um dos critérios do edital, terão direito automaticamente ao benefício. Ainda assim, esses participantes devem se inscrever no site.

Passo-a-passo

Para se inscrever no Enem 2020, o candidato deverá ter cadastro e senha criados no site gov.br. Após acessar a página do participante com o login criado, é necessário informar o número do CPF e sua data de nascimento. A partir disso, uma ficha com seus dados pessoais deve ser preenchida. Em seguida, é preciso criar uma senha que permitirá acesso ao cartão de confirmação e aos resultados.

Além disso, a inclusão de uma foto no sistema de inscrição é obrigatória e deve seguir alguns critérios estabelecidos no edital, que se não forem respeitados, podem ser motivo de eliminação. O participante também precisa ter um número de telefone ou e-mail válidos para recebimento de comunicados.

Os interessados em fazer o Enem digital devem selecionar a opção no ato da inscrição. De acordo com o instituto responsável pelo exame, a escolha não poderá ser alterada após o cadastro. O participante também deverá optar pela língua estrangeira cobrada na prova: inglês ou espanhol.

Adiamento das provas

O anúncio do adiamento do exame foi feito na terça-feira, 19 de maio, pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, após uma longa discussão da aplicação das provas durante a pandemia. De acordo com o Inep e o Ministério da Educação (MEC), as provas devem acontecer em até 60 dias em relação à data prevista nos editais.

A versão digital do Enem já havia sido adiada de outubro para novembro. Ainda não há decisão sobre as novas datas.

Mais de  4 milhões de estudantes já se inscreveram no exame. As justificativas para o adiamento das provas do Enem se referem à desigualdade de estudo promovida pela suspensão das aulas. Segundo as instituições de ensino, os estudantes da rede pública seriam prejudicados em relação aos alunos da rede privada, o que tornaria o processo menos inclusivo.

De acordo com o ministro , uma pesquisa será realizada com os inscritos no exame em junho para que a nova data da prova seja definida.

Provas

Este ano será o primeiro em que ocorrerá a aplicação do Enem digital que, assim como a versão impressa, será composto de 45 questões de múltipla escolha, com avaliação das seguintes áreas de conhecimento:

No primeiro dia do Enem, serão aplicadas a Redação e as provas de:

  • Português e Literatura
  • Inglês ou Espanhol
  • Artes
  • Educação Física
  • Tecnologias da Informação e Comunicação
  • História
  • Geografia
  • Filosofia
  • Sociologia

Já no segundo dia serão cobradas as provas de:

  • Química
  • Física
  • Biologia
  • Matemática

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.