O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

[OFERTA POR TEMPO LIMITADO] 30% OFF assinatura Premium Anual

Eu quero

Enem 2019 tem 53 redações com nota 1 mil

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 teve 53 redações com nota 1 mil. A pontuação do exame foi divulgada nesta sexta-feira, 17 de janeiro de 2020, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame.

De acordo com o Inep, a maior parte dos 53 examinandos que conquistaram nota máxima na redação é de Minas Gerais (13) e é composta por mulheres (32). A idade dos participantes varia de 16 a 28 anos.

O tema da redação desta edição foi Democratização do acesso ao cinema no Brasil. O texto deveria ser do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvido a partir da situação-problema proposta e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores.

Além de Minas Gerais, outros estados tiveram redações com nota 1 mil. São eles:

Estado Número de redações nota 1000
Alagoas 1
Bahia 1
Ceará 6
Distrito Federal 2
Goiás 4
Maranhão 1
Mato Grosso do Sul 1
Minas Gerais 13
Paraíba 1
Pará 2
Pernambuco 1
Piauí 2
Rio Grande do Norte 6
Rio de Janeiro 6
São Paulo 4

Obtiveram nota zero 143.736 candidatos que deixaram a redação em branco (56.945), fugiram do tema (40.624) e copiaram o texto motivador (23.265).

Notas do Enem

Os 3,9 milhões de participantes do Enem 2019 podem conferir as notas na Página do Participante e no aplicativo do Enem. Para ter acesso ao desempenho na prova, é necessário fazer o login com CPF e senha. Antes do login, o participante deverá responder a um desafio proposto por uma personagem digital (Nanda). A etapa tem o objetivo de evitar o acesso de robôs.

Programas

As notas do Enem 2019 podem ser usadas para conseguir uma vaga nas faculdades e universidades do Brasil e em algumas instituições de Portugal. O Inep tem acordo com 47 universidades portuguesa; porém, cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas.

Os principais programas do Ministério da Educação (MEC) para ingresso em faculdades e universidades já têm cronograma definido.

Sisu

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam no dia 21 de janeiro e devem ser feitas até o dia 24 de janeiro de 2020. Para se inscrever, é preciso ter tirado nota maior que zero na redação. O resultado será divulgado no dia 28 de janeiro.

O Sisu é o meio utilizado pelas instituições públicas de ensino superior para oferecer vagas a candidatos do Enem. Os institutos que usam o sistema estão na página do Sisu.

ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni), que permite a concessão de bolsas de estudos integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas, estará com inscrições abertas entre os dias 28 e 31 de janeiro de 2020.

Para realizar a inscrição, o estudante deverá acessar o site do ProUni, informar seu número de inscrição no Enem 2019 e a senha mais atual cadastrada na Página do Participante. Podem se inscrever no programa os brasileiros participantes do Enem 2019 que não têm diploma de curso superior.

Fies

Os participantes do Enem que precisam financiar seus estudos em instituições privadas podem usar alguns dos modelos do Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies. Os juros são calculados com base na renda familiar do estudante. O período de inscrições será entre 5 e 12 de fevereiro de 2020.

Enem 2019

Cerca de 3,7 milhões de estudantes fizeram as provas do Enem nos dias 3 e 10 de novembro de 2019. A edição do ano passado obteve 77,2% de participação, maior índice de participação dos últimos 10 anos.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.