O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Concurso SME-SP: banca é definida para auxiliar e coordenador

A banca organizadora do concurso da SME-SP foi definida e agora começam os ajustes para a abertura do edital. A Fundação Vunesp será a responsável pela organização do processo seletivo, conforme no Diário Oficial.

Serão ofertadas 1.737 vagas para cargos de auxiliar técnico de educação – ATE e coordenador pedagógico, com estimativa de salários de até R$ 4.860,86. Os aprovados vão fazer carreira no Quadro do Magistério Municipal, como profissionais de Educação.

Requisitos e remuneração

Confira quantidade de vagas, requisitos, carga horária e remuneração para cada cargo:

Auxiliar técnico de Educação: serão disponibilizadas 1.109 vagas, com salário inicial de R$ 1.968,14. A carga horária é de 40 horas semanais; para concorrer é preciso ter ensino médio completo, com certificado para comprovar, ou diploma para provar a formação em curso técnico e profissionalizante. Os aprovados vão trabalhar como inspetor escolar ou como parte da secretaria.

Coordenador pedagógico: ao todo, serão 628 vagas para quem tem licenciatura plena em Pedagogia, pós-graduação stricto sensu em Educação ou pós-graduação lato sensu em Educação com pelo menos 800 horas. Ainda é exigida experiência comprovada de no mínimo três anos no magistério. O salário é de R$ 4.860,86, com abono complementar oferecido pela secretaria. A carga horária também é de 40 horas semanais.

Sobre as inscrições

Como a banca foi definida agora, ainda não foram divulgadas as datas de inscrição ou das provas, mas a previsão é de que o edital seja lançado ainda no primeiro semestre. Já se sabe que o valor das inscrições será de R$ 41,80 para o cargo de auxiliar técnico de Educação e gratuita para o de coordenador pedagógico.

Últimos concursos

SME-SP 2013

No último concurso da SME-SP para auxiliar técnico de Educação, realizado em 2013, o processo seletivo contou com uma prova objetiva de múltipla escolha com 60 questões. Entre os conhecimentos abordados, estiveram Português, Matemática, Conhecimentos Gerais e Atualidades, Noções de Informática e Legislação.

Uma prova discursiva de Redação também foi aplicada com três questões a serem respondidas e desenvolvidas com base no conteúdo programático. Na época foram mais de 78 mil inscritos, com mais de 150 candidatos concorrendo por vaga para o cargo. Ao todo, foram oferecidas 493 oportunidades, com salários que podiam chegar a R$ 1.380,00.

SME-SP 2011

O último concurso para coordenador pedagógico da SME-SP foi realizado em 2011. O certame contou com uma prova objetiva de múltipla escolha com 50 questões: 20 de conhecimentos gerais e 30 de conhecimentos específicos. Além disso, os candidatos também foram avaliados por um teste dissertativo com três perguntas relacionadas ao conteúdo programático. Para esse cargo, também houve exame de títulos para fechar a classificação dos aprovados.

Para o concurso da SME-SP deste ano são esperadas fases semelhantes. A validade do último processo seletivo foi de um ano, prorrogável por mais um, cenário que deve seguir para o de 2019.

Agora é aguardar a liberação do edital e já começar a se preparar para as provas.

Resolva questões da instituição!

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.