O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
Última chance de garantir sua Assinatura ilimitada com preço especial de lançamento. Aproveite! EU QUERO!

Questões de Concursos

Q937386 Não definido

M.O., 41 anos, sexo masculino, comparece para atendimento em serviço de saúde mental acompanhado por sua irmã. Conta que é motorista de caminhão de uma grande empresa de construção civil e que, duas semanas antes, ao retornar de uma obra de pavimentação urbana, o veículo que dirigia perdeu o freio em uma avenida de intensa movimentação e foi obrigado a fazer uma manobra drástica, de forma a tombar o caminhão e evitar o atropelamento de inúmeras pessoas. Nesse contexto, um colega de trabalho que o acompanhava assustou-se e decidiu pular do veículo no momento que ele estava tombando, sendo atingido fatalmente e vindo a óbito. M.O. sofreu leves escoriações no tórax e no membro inferior direito, sendo avaliado em serviço de pronto-atendimento especializado e liberado. Desde então, conta que vem apresentando lembranças angustiantes do evento, com pesadelos relacionados ao acidente e dificuldades para dormir. Diz que, frequentemente, revive a cena do amigo saltando do caminhão e não tem conseguido sentir prazer em nada. Chora com facilidade, se sente constantemente irritado e não tem conseguido conviver adequadamente com amigos e familiares, permanecendo em sua casa por todo o dia. Relata que não consegue dirigir seu próprio carro, motivo pelo qual a irmã teve de levá-lo ao atendimento, e que, durante o trajeto no trânsito, apresentou episódios de taquicardia, hipervigilância e sudorese. M.O. não tem história pregressa de adoecimento mental, nega comorbidades clínicas ou uso de substâncias psicoativas.


Com base no caso descrito, é correto afirmar que o diagnóstico mais apropriado é

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!