O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
Tem promoção no ar! Aproveite nossa Black Friday com 40% OFF. Eu quero!

Questões de Concursos

Q688310 Medicina

O hiperparatireoidismo primário (HPP) tem prevalência de 1:1000 na população geral, número que pode exceder 1% em mulheres idosas. O HPP é a causa mais comum de hipercalcemia em pacientes ambulatoriais. Com o aumento do número de casos diagnosticados de HPP, o perfil de apresentação clínica, laboratorial e a conduta terapêutica sofreram gradativas mudanças nas últimas décadas. Sobre o HPP, analise as afirmativas.

I. Classicamente, o paciente com HPP tem uma perda mais acentuada de osso cortical (predominante no colo do fêmur) do que trabecular (predominante na coluna lombar). A recuperação de massa óssea após resolução cirúrgica do HPP é evidente, especialmente em pacientes mais jovens e com doença óssea menos grave.

II. Exames localizatórios de imagem têm utilidade restrita aos casos de insucesso cirúrgico ou de recidiva da doença. Neste sentido, os exames disponíveis incluem ultrassonografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética e mapeamento com tecnécio-sestamibi.

III. Pacientes com doença óssea severa em programação cirúrgica, geralmente, apresentam fosfatase alcalina muito elevada, denotando a remodelação óssea aumentada. Em função disto, é muito provável que, após a remoção cirúrgica da(s) paratireoide(s), este paciente desenvolva a chamada “fome óssea”, caracterizada por uma hipocalcemia de instalação rápida no pós-operatório. Profilaticamente, recomenda-se a prescrição de cálcio e vitamina D.

Estão corretas as afirmativas

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!