O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Intensifique seu ritmo de estudos e fique à frente dos concorrentes!

Conheça nossos planos

Questões de Concursos

Q869540 Química

                                 CONSTANTES

Constante de Avogadro (NA) = 6,02 x 1023 mol-1

Constante de Faraday (F) = 9,65 x 104 C mol-1 = 9,65 x 104 A s mol-1 = 9,65 x 104 J V-1 mol-1

Volume molar de gás ideal = 22.4 L (CNTP)

Carga elementar = 1,602 x 10-19 C

Constante dos gases (R) = 8,21 x 10-2 atm L K -1 mol-1 = 8,31JK-1 mol-1 = 1,98 cal K-1 mol-1 =

= 62,4 mmHg L K-1 mol-1

Constante gravitacional (g) = 9,81 m s-2

Constante de Planck (h) = 6,626 x 10-34 m2kg  s-1

Velocidade da luz no vácuo = 3,0x 10ms-1

Número de Euler (e) = 2,72


                                            DEFINIÇÕES 


Pressão: 1 atm = 760mmHg = 1,01325 x 105 N m-2 = 760 Torr = 1,01325 bar

Energia: 1 J = 1N m = 1 kg m2 s-2

Condições normais de temperatura e pressão (CNTP): 0°C e 760 mmHg

Condições ambientes: 25° C e 1 atm

Condições padrão: 1 bar; concentração das soluções = 1 mol L-1 (rigorosamente: atividade unitária das espécies); sólido com estrutura cristalina mais estável nas condições de pressão e temperatura em questão.

(s) = sólido. (L) = líquido, (g) = gás. (aq) = aquoso. (CM) = circuito metálico, (conc) = concentrado.

(ua) = unidades arbitrárias. [X] = concentração da espécie química X em mol L-1 





Um recipiente de 240 L de capacidade contém uma mistura dos gases ideais hidrogênio e dióxido de carbono, a 27 °C. Sabendo que a pressão parcial do dióxido de carbono é três vezes menor que a pressão parcial do hidrogênio e que a pressão total da mistura gasosa é de 0,82 atm, assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, as massas de hidrogênio e de dióxido de carbono contidas no recipiente.
Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!