O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
Descontos de 3º lote só até 20/01. Não perca a novidade da parceria com o Direção Concursos. EU QUERO!

Questões de Concursos

Q827048 História
      Por 322 anos, o Brasil foi colônia de Portugal. Latifúndio, monocultura e escravidão foram características marcantes da colonização e deixaram raízes no país. A Independência não alterou as estruturas coloniais básicas. No Brasil, única monarquia na América do Sul, a chegada da República se deu por golpe militar. Na Primeira República, autêntico teatro das oligarquias, poucos detinham o poder, havia inexpressiva participação política da população, alto índice de analfabetismo e profunda exclusão social. A Revolução de 1930, no rastro das manifestações tenentistas, trouxe o ar da modernidade. Com Vargas (1930-1945), o país começou a desenvolver a indústria pesada, conheceu os direitos sociais e sucumbiu ante a ditadura do Estado Novo (1937-1945). Entre 1946 e 1964, o aprendizado democrático avançou, em meio a muitas e dramáticas crises. A queda de João Goulart, em 1964, anunciava o início de duas décadas de regime autoritário.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando aspectos marcantes da História do Brasil, julgue o item seguinte.

Para promover a colonização, Portugal dividiu o Brasil em capitanias hereditárias, tendo sido uma delas a do Espírito Santo.

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!