Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se ASSINAR

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1 questão encontrada
    Ano: 2011
    Banca: VUNESP
    Órgão: PM-SP
    Não fala com pobre, não dá mão a preto, não carrega embrulho.
    Pra que tanta pose doutor?
    Por que esse orgulho?
    A bruxa, que é cega, esbarra na gente e a vida estanca.
    O enfarte te pega, doutor, e acaba essa banca
    (...)
    (Billy Blanco. A Banca do Distinto. In Renato da Silva Queiroz. Não vi e não gostei – O fenômeno do preconceito.

    Canções conhecidas da Música Popular Brasileira ajudam a desmascarar – através da ironia – atitudes que desumanizam e coisificam o outro, o diferente. Mas, a leveza musical pode criar a ilusão de que é fácil lutar contra esse câncer social – o preconceito, base de estigmas, estereótipos, discriminação, segregação e genocídio. A respeito dessa luta, é possível afirmar que 

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.