O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Questões Militares de Química - Grandezas: massa, volume, mol, massa molar, constante de Avogadro e Estequiometria.

Foram encontradas 29 questões

Q845050 Química

A emissão de gases derivados do enxofre, como o dióxido de enxofre (SO2), pode ocasionar uma série de problemas ambientais e a destruição de materiais como rochas e monumentos à base de calcita (carbonato de cálcio). Essa destruição ocasiona reações com a emissão de outros gases, como o gás carbônico (CO2), potencializando o efeito poluente. Considerando as equações das reações sucessivas a 27 °C e 1 atm, admitindo-se os gases como ideais e as reações completas, o volume de CO2 produzido a partir da utilização de 2 toneladas de SO2 como reagente é, aproximadamente,


Dados

Massas Atômicas: S = 32 u ; O = 16 u ; H = 1 u ; C = 12 u ; Ca = 40 u

Constante dos gases ideais: R = 0,082 atm L mol-1 K-1

Volume molar nas condições em que ocorreu a reação (27° e 1 atm) = 24,6 L/mol


SO2 (g) + 1/2 O2 (g) → SO3 (g) (equação I)

SO3 (g) + H2O (ℓ) → H2SO4 (ℓ) (equação II)

H2SO4 (ℓ) + CaCO3 (s) → CaSO4 (s) + H2O (ℓ) + CO2 (g) (equação III)

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Q827095 Química

Em ambientes fechados, o superóxido de potássio (KO2) é utilizado em máscaras de respiração, para remover o dióxido de carbono e a água do ar exalado. A remoção de água gera oxigênio para a respiração por meio da reação

             4KO2(s) + 2H2O(l) → 3O2(g) + 4KOH(s).           (I)

O hidróxido de potássio remove o dióxido de carbono da máscara pela reação

               KOH(s) + CO2(g)   KHCO3(s).                       (II)


P. W. Atkins e L. Jones. Princípios de química. Rio de Janeiro: LTC, 2006, p. 125.


Com base nas informações acima, julgue o próximo item.

Considerando a proporção estequiométrica entre as substâncias envolvidas na reação representada pela equação I, conclui-se que cada mol de superóxido de potássio, ao reagir com quantidade suficiente de água, produz 0,75 mol de gás oxigênio.

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Q827089 Química

Bebidas especialmente ingeridas por esportistas têm representado importante fatia de consumo. Tais bebidas são soluções isotônicas repositoras hidroeletrolíticas e, portanto, auxiliam na manutenção e preparação física de atletas de todas as modalidades. A seguir, reproduz-se parte da tabela nutricional constante no rótulo de uma dessas bebidas. 


           


A partir dessas informações e considerando os múltiplos aspectos que elas suscitam, julgue o item subsequente.

Considerando-se o valor aproximado de 6×1023 mol-1 para a constante de Avogadro, conclui-se que é superior a 3×1020 a quantidade de íons potássio presente em 1 copo de 200 mL da referida bebida isotônica.

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Q695969 Química

Um mineral muito famoso, pertencente ao grupo dos carbonatos, e que dá origem a uma pedra semipreciosa é a malaquita, cuja a fórmula é: Cu2(OH)2CO3 (ou CuCO3.Cu(OH)2).

Experimentalmente pode-se obter malaquita pela reação de precipitação que ocorre entre soluções aquosas de sulfato de cobre II e carbonato de sódio, formando um carbonato básico de cobre II hidratado, conforme a equação da reação:

2 CuSO4 (aq) + 2 Na2CO3 (aq) + H2O (l) → CuCO3.Cu(OH)2 (s) + 2 Na2SO4 (aq) + CO2 (g)

Na reação de síntese da malaquita, partindo-se de 1060 g de carbonato de sódio e considerando-se um rendimento de reação de 90%, o volume de CO2 (a 25 ºC e 1 atm) e a massa de malaquita obtida serão, respectivamente, de:

Dados: – massas atômicas Cu = 64 u; S = 32 u; O = 16 u; Na = 23 u; C = 12 u; H = 1 u.

– volume molar 24,5 L/mol, no estado padrão.

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Q695966 Química

Em análises quantitativas, por meio do conhecimento da concentração de uma das espécies, pode-se determinar a concentração e, por conseguinte, a massa de outra espécie. Um exemplo, é o uso do nitrato de prata (AgNO3) nos ensaios de determinação do teor de íons cloreto, em análises de água mineral. Nesse processo ocorre uma reação entre os íons prata e os íons cloreto, com consequente precipitação de cloreto de prata (AgCl) e de outras espécies que podem ser quantificadas.

Analogamente, sais que contêm íons cloreto, como o cloreto de sódio (NaCl), podem ser usados na determinação quantitativa de íons prata em soluções de AgNO3 , conforme descreve a equação:

AgNO3 + NaCl → AgCl + NaNO3

Para reagir estequiometricamente, precipitando na forma de AgCl, todos os íons prata presentes em 20,0 mL de solução 0,1 mol·L-1 de AgNO3(completamente dissociado), a massa necessária de cloreto de sódio será de:

Dados: Massas atômicas: Na = 23 u; Cl = 35,5 u; Ag = 108 u; N = 14 u; O = 16 u.

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Respostas
1: E
2: C
3: C
4: D
5: B