O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Acaba em 4 dias

Última chance de ter a melhor plataforma para concursos com planos até 40% OFF.

EU QUERO

Questões de Concursos

Ano: 2007 Banca: CPCON Órgão: UEPB Prova: CPCON - 2007 - UEPB - Vestibular - Química e Física |
Q230022 Física
Um professor de física adquiriu um canhão de brinquedo com o objetivo de problematizar junto aos seus alunos a teoria do lançamento de projétil (que foi particularmente estudada por Galileu (1564-1642), mais tarde, por Newton (1642-1727), e outros, que também investigaram o trajeto de projéteis através do ar, estudando as causas de seu destino). Ao iniciar a aula, escolheu 5 (cinco) alunos para que lançassem a bola do canhão. Os alunos, empolgados com a brincadeira, fizeram uma aposta sugerida pelo professor: quem lançasse a bola do canhão mais longe ganharia um lanche na cantina da escola. Para a aposta ser válida, criaram as seguintes regras: a) cada um deveria lançar a bola de um ângulo diferente: 15º, 30º, 45º, 60º e 75º; e b) a distância horizontal percorrida até o primeiro toque da bola ao chão seria o alcance. Iniciou-se a brincadeira. O ALUNO A foi o primeiro a escolher, e, por se achar mais esperto, escolheu o ângulo de 75º; depois veio o ALUNO B, escolheu o ângulo de 30º; em seguida, o ALUNO C gritou “o ângulo de 45º é meu”; depois, foi a vez do ALUNO D, que escolheu o ângulo de 60º, e, por fim, o ALUNO E murmurou, “o resto sempre fica comigo” (ângulo de 15º). Com base na teoria de Galileu, é correto afirmar que