O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Questões de Concursos

Q527266 Português
A legitimidade da universidade moderna se fundamentava na ideia da autonomia do saber face ao Estado e à religião e, portanto, a ideia de um conhecimento guiado pela sua própria lógica, por necessidades inerentes, do ponto de vista tanto da sua invenção quanto descoberta como da sua transmissão. Em outras palavras, especialmente a partir da Revolução Francesa, a universidade pública é vista como instituição secular (autônoma com respeito à religião) e republicana (autônoma com respeito à vontade do governante). Depois das revoluções sociais do século XX e com as lutas políticas e sociais que elas provocaram, a educação e a cultura passaram a ser concebidas como parte integrante da cidadania e, portanto, como direitos dos cidadãos, fazendo com que além da sua vocação republicana, a universidade se tenha tornado também uma instituição social inseparável da ideia de democracia e de democratização do saber. (CHAUI, BERNHEIM, 2013, p. 18).

A análise do texto permite concluir:

A Educação e a Cultura passaram a ser concebidas como parte integrante da cidadania depois da revolução do século XX, e a universidade também se transformou em um espaço de democratização do saber.

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!