Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1 questão encontrada
    01
    Q465564
    Ano: 2013
    Banca: FCC
    Órgão: MPC-MS

    Suficiência e excesso



    O que preferes: ter muito ou apenas o suficiente? Aquele que tem muito deseja sempre ter mais, o que prova não ser suficiente o que já possui. Aquele que possui o suficiente obteve o que o rico jamais poderá atingir, ou seja, o fim de seus desejos. Jamais é pouco o suficiente, jamais é muito o que não satisfaz. Alexandre, após vencer Dario e os persas, continua pobre. Estou enganado? Ele continua a buscar novas conquistas, a aventurar-se por mares desconhecidos, a enviar ao oceano frotas nunca vistas, pode-se dizer, a romper todas as fronteiras. Aquilo que é suficiente para a natureza não o é para esse homem!

    O dinheiro nunca tornou alguém verdadeiramente rico; ao contrário, sempre causou mais cobiça - uma forma de sentir-se pobre. Quem mais tem não é quem mais quer ter? Quem tem o suficiente é rico do que já lhe basta.



    (Adaptado de: SÊNECA. Aprendendo a viver. Porto Alegre: L&PM, 2010.)


    Considerando-se o contexto, entende-se corretamente uma afirmação do texto em:



    I. Aquele que possui o suficiente obteve o que o rico jamais poderá atingir (1o parágrafo) = Quem se contenta com a suficiência não conhecerá a abastança.



    II. Jamais é pouco o suficiente, jamais é muito o que não satisfaz (1o parágrafo) = Quando o suficiente não é pouco, nem o muito pode satisfazer.



    III. Quem tem o suficiente é rico do que já lhe basta (2o parágrafo) = A suficiência é a riqueza de quem não quer mais do que já possui.



    Atende ao enunciado o que está em

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.