O seu navegador (Unknown Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
Seu match está prestes a expirar! Última chance de aproveitar a partir de R$8,40 mensais.

Questões Militares Para medicina veterinária

Foram encontradas 811 questões

Q1883953 Veterinária
“Os produtos de uso veterinário e as matérias primas empregadas na sua fabricação, deverão atender às normas de qualidade e segurança, obedecendo aos atos específicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no que se refere à identidade, à atividade, à pureza, à inocuidade, à esterilidade, à contagem e à identificação de patógenos, à eficácia, à potência e à segurança, segundo a natureza do produto.”
(BRASIL, 2016)

De acordo com o Regulamento de Fiscalização de Produtos de Uso Veterinário e dos Estabelecimentos que os Fabriquem ou Comerciem, com relação aos parâmetros de qualidade e segurança dos produtos de uso veterinário e seus insumos, analise os itens a seguir e assinale V para afirmativa verdadeira e F para afirmativa falsa:

( ) Para produto farmacêutico, deve-se indicar os parâmetros dos limites de tolerância e dos desvios para as análises e dosagens dos princípios ativos da formulação, sempre que não existam especificações.
( ) Para produto injetável, cada partida de produto produzida deve cumprir as provas microbiológicas: teste de esterilidade, contagem de micro-organismos viáveis, pesquisa e identificação de patógenos.
( ) No rótulo do diluente para produto injetável, deverão estar especificados sua natureza, volume, nome comercial, partida, fabricação e vencimento, exceto quando se tratar de água destilada ou bidestilada.

As afirmativas são, respectivamente,
Alternativas
Q1883952 Veterinária
De acordo com o regulamento técnico para produção e controle de qualidade da vacina contra a brucelose e antígenos para diagnóstico da brucelose (Instrução Normativa N° 15, de 19 de fevereiro de 2004), analise os itens a seguir:

I. A vacina, utilizada para o controle da brucelose bovina e bubalina no Brasil é obtida a partir de culturas de referência certificadas de Brucella abortus B19, comercializada na forma viva, liofilizada, acompanhada do respectivo diluente e de uso veterinário exclusivo.
II. Além de Brucella abortus B19, outras cepas também poderão ser utilizadas para a fabricação de vacinas contra a brucelose bovina e bubalina, desde que aprovadas pelo MAPA.
III. Os antígenos para o diagnóstico sorológico da brucelose bovina e bubalina, causada por espécies do gênero Brucella (B. abortus, B. melitensis e B. suis), são preparados a partir de culturas de referência certificadas de Brucella abortus 1119-3, inativadas e padronizadas conforme normas estabelecidas pelo MAPA.

Está correto o que se afirma em:
Alternativas
Q1883951 Veterinária
A Instrução Normativa nº 50, de 24 de setembro de 2013 alterou a lista de doenças passíveis da aplicação de medidas de defesa sanitária animal, as quais são de notificação obrigatória ao Serviço Veterinário Oficial – SVO, para qualquer cidadão, bem como para todo profissional que atue na área de diagnóstico, ensino ou pesquisa em saúde animal (MAPA, 2021).

Sobre as doenças de notificação obrigatória ao SVO, em aves, relacione os tipos de litas abaixo com as doenças correspondestes: 

1. Doenças erradicadas ou nunca registradas no país, que requerem notificação imediata de caso suspeito ou diagnóstico laboratorial.
2. Doenças que requerem notificação imediata de qualquer caso suspeito.
3. Doenças que requerem notificação imediata de qualquer caso confirmado.
4. Doenças que requerem notificação mensal de qualquer caso confirmado.
( ) Doença de Newcastle e Laringotraqueíte infecciosa aviária.
( ) Micoplasmoses e Clamidiose aviária.
( ) Influenza aviária e Febre do Nilo Ocidental.
( ) Coriza aviária, Doença de Marek e Doença de Gumboro.

A relação correta, na ordem apresentada, é
Alternativas
Q1883950 Veterinária
A Febre Aftosa é uma doença de notificação obrigatória conforme o Código Sanitário para Animais Terrestres da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e a Instrução Normativa nº 50/2013 do MAPA. Sobre a Febre Aftosa, analise os itens a seguir e assinale V para afirmativa verdadeira e F para afirmativa falsa:

( ) As espécies susceptíveis à Febre Aftosa são aquelas da subordem Ruminantia, da família Suidae, da ordem Artiodactyla, que compreende animais domésticos como bovinos, bubalinos, suínos, ovinos e caprinos e animais silvestres como javalis, capivaras, cervídeos, bisão, búfalo africano, elefantes, girafas, lhamas, alpacas, camelos bactrianos.
( ) O vírus é encontrado em todas as secreções e excreções do animal infectado e pode ser transmitido pelas vias direta (contato entre animais, aerossóis e suas secreções e excreções, sangue e sêmen) ou indireta (água, alimentos, fômites, trânsito de pessoas, equipamentos, materiais, veículos, vestuários, produtos, alimentos de origem animal), entrando no organismo por inalação, ingestão ou abrasão de pele ou mucosas.
( ) O agente etiológico (Picornavírus) possui os sorotipos: O, A, C, SAT 1, SAT 2, SAT 3 e Ásia 1. No Brasil, somente foram detectados os sorotipos O, A e C e SAT 1.

As afirmativas são, respectivamente,
Alternativas
Q1883949 Veterinária
Em 2021 foram identificados casos atípicos da doença da vaca louca Brasil, sendo estes identificados em frigoríficos. A doença da vaca louca, ou encefalopatia espongiforme bovina (EEB), é um tipo de encefalopatia espongiforme transmissível (EET) que afeta animais bovinos e é causada por príons. As EET são doenças neurodegenerativas que acometem o sistema nervoso central de animais, incluindo os seres humanos.

Sobre as suspeitas de síndromes neurológicas, assinale a afirmativa incorreta.
Alternativas
Respostas
1: A
2: C
3: E
4: A
5: A