O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
Preparar para a decolagem: A maior experiência de ensino está chegando! Inscreva-se

Questões Militares de História

Foram encontradas 2.046 questões

Q1893087 História
Os barões do café e a burguesia do oeste paulista foram dois grupos que “partiram de pressupostos comuns e se diversificaram em função de realidades diferentes do meio físico e social. Ambos praticaram a agricultura extensiva e utilizaram amplamente a mão-de-obra escrava. Os fazendeiros paulistas não se voltaram para o imigrante porque acreditavam nas virtudes ou na maior rentabilidade do trabalho livre [...]. Em 1887 [...] São Paulo figurava em terceiro lugar na população escrava das províncias, com 107.329 cativos [...]”.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2007. p. 203.

O texto aborda os regimes de trabalho adotados nas lavouras cafeeiras paulistas do século XIX, destacando que
Alternativas
Q1893086 História
Simón Bolívar [...], em 1817, [...] tornou-se a figura focal na mobilização de uma aliança de ricos latifundiários, de interesses urbanos e dos pobres. [...] Lamentavelmente, sua aspiração por uma república americana panlatina se estilhaçou quando as elites locais, que haviam ficado felizes por ele expulsar os espanhóis, recusaram-se a dar-lhe o controle da região. [...] Suas esperanças para a unidade latino-americana foram frustradas pelas elites locais que ele ajudou a chegar ao poder contra a Espanha e ele amargamente assinalou: “Aqueles que fizeram a revolução lavraram o mar”.
ALMOND, Mark. O Livro de Ouro das Revoluções. Movimentos políticos que mudaram o mundo. Rio de Janeiro: HarperCollins Brasil, 2016. p 51-52.

De acordo com o texto, os planos de Simón Bolívar foram frustrados porque
Alternativas
Q1893085 História

[...] o governador geral era a cabeça de um poder político disperso, numa constelação de polos relativamente autônomos, cuja unidade era mantida por esse governador-geral, que, como cabeça desse corpo político, representava a sua unidade e tinha a seu encargo a manutenção da harmonia entre todos os seus membros, garantindo a cada uma das suas partes os seus direitos e privilégios, em uma palavra fazendo a justiça, fim primeiro do poder político no Antigo Regime.

COSENTINO, Francisco Carlos. Construindo o Estado do Brasil:

Instituições, poderes locais e poderes centrais. In: FRAGOSO, João & GOUVÊA,

Maria de Fátima. Coleção O Brasil Colonial. Volume 1, 1443-1580.

Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2014. p. 529.


Sobre o papel do governador geral instituído por Portugal em sua colônia americana no século XVI, assinale a alternativa correta.

Alternativas
Ano: 2021 Banca: Exército Órgão: EsSA Prova: Exército - 2021 - EsSA - Sargento - Geral |
Q1879458 História
No contexto da Expansão Ultramarina Europeia dos séculos XV e XVI, pode-se afirmar que:
Alternativas
Ano: 2021 Banca: Exército Órgão: EsSA Prova: Exército - 2021 - EsSA - Sargento - Geral |
Q1879456 História
Durante o início da colonização do Brasil por Portugal, teve-se a figura política dos governadores-gerais. O primeiro governador-geral, que governou de 1549 a 1553, foi:
Alternativas
Respostas
1: B
2: C
3: A
4: E
5: A