Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se ASSINAR

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1 questão encontrada
    Ano: 2009
    Banca: INEP
    Órgão: ENEM
    Cárcere das almas

    Ah! Toda a alma num cárcere anda presa,
    Soluçando nas trevas, entre as grades
    Do calabouço olhando imensidades,
    Mares, estrelas, tardes, natureza.

    Tudo se veste de uma igual grandeza
    Quando a alma entre grilhões as liberdades
    Sonha e, sonhando, as imortalidades
    Rasga no etéreo o Espaço da Pureza.

    Ó almas presas, mudas e fechadas
    Nas prisões colossais e abandonadas,
    Da Dor no calabouço, atroz, funéreo!

    Nesses silêncios solitários, graves,
    que chaveiro do Céu possui as chaves
    para abrir-vos as portas do Mistério?!

    CRUZ E SOUSA, J. Poesia completa. Florianópolis: Fundação Catarinense de Cultura / Fundação Banco do Brasil, 1993.

    Os elementos formais e temáticos relacionados ao contexto cultural do Simbolismo encontrados no poema Cárcere das almas, de Cruz e Sousa, são

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.