Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1 questão encontrada
    01
    Q502199
    TEXTO 2
                                                      RECADOS
                                                                                José Miguel Wisnik

           O Cerrado é o Matusalém dos biomas. Enquanto  a Amazônia tem três mil anos de formada, e a Mata  Atlântica, sete mil, o Cerrado tem quarenta milhões. É, ou chegou a ser, o maior viveiro de espécies florais do planeta. Ali, em sua lentidão ancestral, um  buriti de vinte e cinco ou trinta metros de altura tem a  idade do Brasil. Nas suas áreas planas, a água das  chuvas é absorvida pela vegetação nativa, tendo  esta a maior parte da sua estrutura dentro da terra,  como uma verdadeira floresta invertida. Por suas raízes são alimentados os lençóis freáticos e os lençóis  artesianos dos aquíferos, cuja carga interna afora,  por sua vez, na forma das nascentes dos rios (ou,  para dizer como Guimarães Rosa, “rebrotam desengolidos num bilo-bilo fácil").
           Essa respiração hídrica veio sendo sufocada, no  entanto, pela introdução de gramíneas para o pastoreio, pela expansão da fronteira agrícola com a soja  e o algodão, cujas raízes são superficiais, pela ação  dos fertilizantes, pela devastação dos insetos e animais polinizadores, impedindo a renovação da vegetação nativa, ditadas todas pela ocupação desenfreada que o agronegócio impôs ao Cerrado desde os  anos 1970. Aparentemente, teríamos aí apenas uma  mudança de paisagem, e a substituição da flora anciã pelas inovações progressistas das monoculturas, junto com o império do eucalipto a ser convertido em  carvão. Mas, [...] o processo envolve uma devastação invisível de grandes consequências estruturais:  é a floresta subterrânea das raízes que desaparece  junto com a vegetação nativa, com ela o bioma de  milhões de anos e o sistema que alimenta e realimenta os   aquíferos.
           Assim, dezenas de pequenos rios vêm desaparecendo, enquanto as nascentes dos grandes rios  estão secando ou migrando para áreas mais baixas,  à medida que o lençol que as abastece vai sendo  também rebaixado. O esvaziamento a olhos nus das  represas que abastecem São Paulo teria seu correspondente literalmente mais profundo no esgotamento  invisível dos reservatórios subterrâneos, que deu seu  sinal emblemático, faz poucos dias, com o estancamento da nascente do São Francisco. As chuvas que  sobrevierem, quando vierem, não têm a mesma capacidade de nutrir, na falta da vegetação mediadora,  os enfraquecidos reservatórios ocultos. O Brasil não  pode mais ser visto, senão irresponsavelmente, como  o paraíso dos mananciais inesgotáveis.

                                                                                                                                 O Globo, 25, out. 2014
    Assinale a alternativa em que o uso do sinal indicativo de crase está de acordo com a modalidade escrita formal da Língua Portuguesa.

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.