Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1 questão encontrada
    Ano: 2014
    Banca: INSTITUTO AOCP
    Órgão: UFC
    Através da prática cotidiana em saúde se integram os elementos próprios da conduta moral profissional na relação com os clientes. Uma caracterização de três modos de relação profissional em saúde, denominado de “experiência hermenêutica", foi encontrada por um dos autores ao estudar a obra “Verdade e Método". São eles: objetificação do outro; compreensão precipitada do outro e abertura para o outro. A abertura para o outro é a chave para o bom relacionamento e se desdobra em quatro aspectos de abertura, numerados de 1 a 4. Em seguida, estão elementos de cada uma destas aberturas. Relacione as colunas e assinale a alternativa que apresenta a sequência correta. 

    1. Abertura para si mesmo. 
    2. Abertura para o outro. 
    3. Abertura para a questão-problema. 
    4. Abertura para a tradição. 

    ( ) É preciso que a pessoa afrouxe os vínculos com seus preconceitos a fim de estar livre para a experiência.
     ( ) Reconhecer a irredutibilidade de sua individualidade. 
    ( ) É essencialmente conservação. 
    ( ) É mais um requerimento moral do que uma questão de conhecimento.
     ( ) A chave da experiência desse modo de abertura é deixar-se conduzir, por meio da conversação.
     ( ) É fundamental para que o profissional de saúde compreenda o comportamento dos clientes numa situação de má-saúde à luz da história e da cultura de cada um. 
    ( ) Aqui o desafio é conseguir uma abertura suficiente para aceitar coisas que são contra as próprias crenças e convicções.
     ( ) O sucesso do diálogo é atingir um julgamento comum ou um consenso.

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.