Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1 questão encontrada
    01
    Q398744
    Ano: 2013
    Banca: IBFC
    Órgão: SEAP-DF
    A sociologia do trabalho é o ramo da sociologia voltado ao estudo das relações sociais no mundo do trabalho - a princípio, incluindo basicamente empresas e sindicatos - e às implicações sociais da relação entre trabalho e técnica. Para diversos autores da sociologia do trabalho, os motivos que precipitaram a crise do modelo fordista/taylorista de produção, na década de 1970, dizem respeito ao grande “acúmulo de capitais”, entre empresas automobilísticas; a queda na taxa de lucro causada pelo aumento da formação (qualificação) do trabalho; início do desemprego estrutural e, em conseqüência, da redução do consumo; crise fiscal do Estado de bem-estar e neoliberalismo/ desregulamentação de direitos e falência do setor público. Esse conjunto de fatores coincidiu com a superação do modelo fordista/taylorista e o advento do modelo toyotista de produção. Para os teóricos marxistas da sociologia do trabalho.

    Com base no exposto acima, é correto atribuir como característica do toyotismo:

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.