Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1 questão encontrada
    Ano: 2015
    Banca: IDECAN
    Órgão: Prefeitura de Rio Novo do Sul - ES
    O trecho a seguir contextualiza o tema tratado nas questão. Leia‐o atentamente.

    “A presidenta Dilma Rousseff chega hoje (28 de janeiro de 2015) a San Jose, na Costa Rica, para participar da 3ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino‐Americanos e Caribenhos (Celac). No encontro, os chefes de Estado e de governo do bloco vão celebrar duas vitórias: a decisão dos Estados Unidos de normalizar as relações com Cuba, depois de meio século, e a aproximação com a China, que prometeu duplicar o intercâmbio comercial com a região e investir US$ 250 bilhões na próxima década. Outro tema do encontro é a erradicação da pobreza."

    (Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2015‐01/relacao‐cuba‐eua‐e‐aproximacao‐com‐china‐sao‐temas‐da‐celac.).

    Os presidentes Barack Obama e Raúl Castro anunciaram na quarta‐feira, 17 de dezembro de 2014, o restabelecimento das relações dos Estados Unidos com Cuba. Sobre o histórico desta tumultuada relação, analise.

    I. O estremecimento das relações ocorreu quando o então presidente Fidel Castro anunciou a adesão de Cuba ao marxismo‐comunismo, aliando‐se à extinta União Soviética.

    II. O restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países derrubou o embargo econômico que os EUA mantinha sobre Cuba desde o término da Segunda Guerra Mundial.

    III. Ao mesmo tempo em que promoveu um bloqueio econômico e político, a ilha caribenha e os EUA também articularam para sua expulsão na década de 1960 da Comunidade de Estados Latino‐Americanos e Caribenhos (Celac)
    Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s)

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.