O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
Aproveite a promoção do trabalhador estudando para ingressar na profissão que sempre sonhou. Assine agora com 20% de desconto

Questões IDECAN - 2015 - Colégio Pedro II - Professor - Geografia

Foram encontradas 30 questões

Q916440 Geografia

Observe atentamente o mapa que apresenta delimitações referentes a aspectos físicos e administrativos de uma parte do território brasileiro.


(Bacias do Atlântico Nordeste, São Francisco e Atlântico Leste com a divisão administrativa e a rede de drenagem principal (Adaptado). CUNHA, S. B.& GUERRA, A.J.T.(org.) Geomorfologia do Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998, p. 242.)


Analisando as informações do mapa, é correto afirmar que

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Q916441 Geografia

“A cidade do Rio de Janeiro, pelas características do seu sítio, sofreu intervenções do homem de tal forma, que sua paisagem original foi intensamente modificada. Espremida entre morros, pântanos e o mar, seu espaço foi conquistado num processo estreitamente relacionado com a evolução da sociedade. Hoje, para os visitantes e para muitos moradores desavisados, é difícil a separação entre o natural e o artificial. Morros foram arrasados, pântanos aterrados, espaços conquistados ao mar, num intenso processo de construção do chão.”

(DAMASCENO, A. O Rio de Janeiro no século XIX: os miasmas, os médicos e a relação homem‐natureza. Niteroi, RJ: Omni Vincit 2011, p. 17.)


A “construção do chão” da cidade do Rio de Janeiro, processo destacado no trecho anterior, apresenta consequências até hoje sensíveis aos habitantes da cidade. Assinale a alternativa que apresenta a correspondência mais adequada entre um problema ambiental da cidade em questão e um elemento natural cuja alteração contribui para o problema.

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Q916442 Geografia

O conceito de região tem sido, ao longo da história do pensamento geográfico, questionado e ressignificado a tal ponto que Haesbaert (2010) propõe a possibilidade de se considerar a existência de momentos de ‘morte’ e ‘vida’ da região. O autor defende que os movimentos acadêmicos que o questionam têm, ao mesmo tempo, habilitado formas diferentes de se pensar o conceito.

(HAESBAERT, Rogério. Regional – Global: dilemas da região e da regionalização na geografia contemporânea. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.)


Nesse contexto, assinale a alternativa que contém elementos que podem ser considerados argumentos de defesa da região.

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Q916443 Geografia

A figura é um tipo de ilustração, comumente usada para fins publicitários e turísticos, de uma parte da cidade do Rio de Janeiro.


(Disponível em: http://mapasblog.blogspot.com.br/2011/04/mapas‐do‐rio‐de‐janeiro‐rj.html. Acessado em: 13/10/2014.)


Sobre o conteúdo da figura, assinale a alternativa que melhor apresenta, respectivamente, a identificação de uma inconsistência técnica e uma análise embasada em conceitos, realizadas sob o ponto de vista de um geógrafo.

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Q916444 Geografia

Na década de 1970, durante o regime militar e no âmbito da Lei nº 5.692/71, mudanças apontavam para a gradativa extinção da disciplina escolar Geografia, que daria lugar à disciplina escolar Estudos Sociais. Isso pode ser visto como uma tendência à diminuição da expressão da História e da Geografia nos currículos escolares naquele período. Fatos como esse podem ser compreendidos de forma complexa, na medida em que se considerem os currículos e o conhecimento escolar para além de uma listagem de conteúdos a serem ensinados. Assinale a alternativa que contém o(s) número(s) correspondente(s) à(s) afirmativa(s) que apresenta(m) ideias que corroboram a afirmação anterior em destaque.


I. O conhecimento escolar é o resultado da adaptação e da simplificação do conhecimento científico com o objetivo de ser ensinado nas escolas.

II. As práticas escolares são definidas a partir de parâmetros nacionais, que devem orientar a construção dos programas e dos currículos em um país.

III. Os currículos são o resultado de um equilíbrio de forças que produzem o sistema educativo, devendo ser historicamente situados e compreendidos.

IV. As mudanças curriculares produzem (e são produzidas por) efeitos nas comunidades profissionais, que se organizam acerca da produção do conhecimento.


Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)

Você errou!   Resposta: Parabéns! Você acertou!
Respostas
1: B
2: C
3: C
4: A
5: D