Questões de Concurso Público Senado Federal 2012 para Analista Legislativo - Processo Legislativo

Foram encontradas 80 questões

Q1625647 Português

Texto para a questão. 


Fukuyama e o futuro da história



Com base na leitura do texto e sua compreensão, analise as afirmativas a seguir:


I. O objetivo central do texto é apresentar uma crítica à transformação do mundo provocada pela flexibilização dos regimes democráticos na Europa e nos EUA, tendo em vista a perda da igualdade social com a crise econômica que vem assolando os dois continentes nos últimos anos.

II. Segundo o texto, a falha da regulamentação financeira na Europa e nos EUA levou à crise de 2008 e teve como resposta o autoritário capitalismo de Estado dos países asiáticos, que vem, por sua vez, construindo um caminho para o surgimento de movimentos de esquerda, ainda que incipientes.

III. O texto aponta que, em oposição aos países asiáticos, vêm surgindo movimentos de direita nos EUA e na Europa capazes de abafar uma iniciativa esquerdista de contrabalançar os efeitos da crise e a superconcentração de riqueza.


Assinale


Alternativas
Q1625648 Português

Texto para a questão. 


Fukuyama e o futuro da história



O pronome (n)este, no primeiro parágrafo (L.2), e o pronome (n)esse, no sétimo parágrafo (L.48), exercem, respectivamente, papel
Alternativas
Q1625650 Português

Texto para a questão. 


Fukuyama e o futuro da história



No texto, há quatro ocorrências do uso de parênteses:


I. (fazendo jogo de contraste com o “Consenso de Washington”) (L.22‐23);

II. (gotejamento) (L.43);

III. (veja‐se o Tea Party nos EUA) (L.53); e

IV. (“O Futuro da História”) (L.68).


Sabendo‐se que os parênteses têm usos diversos, é correto afirmar que

Alternativas
Q1625651 Português

Texto para a questão. 


Fukuyama e o futuro da história



Ele, que com seu livro “O Fim da História” dera como definitivo o triunfo da democracia liberal e da economia de mercado sobre o socialismo real, expressa, em recente artigo na prestigiosa “Foreign Affairs” (“O Futuro da História”), preocupação com os riscos de que os avanços tecnológicos subjacentes à globalização enfraqueçam as classes médias nos países desenvolvidos. Critica o que chama de “ausência da esquerda” e clama por nova mobilização em favor de Estados mais fortes, de medidas redistributivas e de questionamento dos privilégios das atuais elites dominantes. (L.63‐76)
As ocorrências da palavra QUE no trecho acima classificam‐se, respectivamente, como
Alternativas
Respostas
1: C
2: E
3: B
4: D
5: A