O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

DÊ UM UPGRADE NA SUA PREPARAÇÃO - Torne-se assinante e transforme seus estudos!

Questões de Concurso Público Prefeitura de Areial - PB 2021 para Guarda Municipal (Feminino e Masculino)

Foram encontradas 40 questões

Q1757532 Português

Com base no excerto abaixo, da matéria Alarme desregulado, exposta na revista Segredos da mente - o poderdo cérebro, Ano 3, no. 4, 2019), responda ao que se pede na questão.


    Visando a sobrevivência, durante a evolução do ser humano, a natureza soube adaptar seu desenvolvimento para que ele se preparasse para as mais diversas situações que viria a encarar, como o perigo. A ansiedade e o medo, por exemplo, são gatilhos natos e muito importantes para a proteção do indivíduo. “Se estivermos em um local diferente, pouco iluminado e vermos um vulto, a ansiedade funciona como um sinal de alarme que pode servir para uma reação de fuga, para evitar sermos pegos de surpresa ou até reconhecer se há um perigo real”, exemplifica o psiquiatra Bernard Miodownik.

     [...] “A ansiedade é uma reação humana e suas alterações são contingências que podem atingir qualquer um, dependendo das vulnerabilidades subjetivas de cada pessoa”, explica Miodownik.

     Algumas pesquisas indicam que exista uma base genética que justifica o transtorno de ansiedade. Na formação das estruturas cerebrais ligadas aos estados de vigilância, haveria erros de funcionamento neuroquímico, que desencadeariam as sensações de ansiedade exagerada. [...]

     O hipocampo ventral é acionado ao mesmo tempo em que a área medial do córtex pré-frontal entra em ação. Assim, o cérebro irá reconhecer ou não a situação como ameaça. É no hipocampo que a memória e as emoções são processadas.

     De acordo com a interpretação do sistema nervoso, a área medial formula a resposta de outras áreas. Isso serve para que sejam produzidas uma reação de defesa e comportamento associados à ansiedade. 

Julgue a validade das afirmações feitas com relação aos aspectos de regência e de concordância, sinalizando (V) para verdadeiro e (F) para falso.


( ) Em: “visando a sobrevivência... (L.1)”, o verbo VISAR, no sentido de “ter como objetivo”, é transitivo indireto, mas há uma tendência de uso como transitivo direto, dispensando a preposição, razão de não ser necessário o emprego da crase nesse contexto.

( ) O verbo ATINGIR só pode ser empregado como transitivo indireto, de modo que ocorre uma falha em: “contingências que podem atingir qualquer um (L.6)”, devido à ausência da preposição.

( ) O verbo HAVER foi empregado corretamente no singular em: “haveria erros de funcionamento neuroquímico (L.9)”, pois, sendo impessoal, não requer sujeito com o qual concordar.

( ) Em: “Isso serve para que sejam produzidas uma reação de defesa e comportamento associados à ansiedade (L.13) e (L.14)”, a concordância não foi estabelecida corretamente com o adjetivo, cuja forma deveria ser “produzidos”.


A sequência CORRETA de preenchimento é:

Alternativas
Q1757533 Português

Com base no excerto abaixo, da matéria Alarme desregulado, exposta na revista Segredos da mente - o poderdo cérebro, Ano 3, no. 4, 2019), responda ao que se pede na questão.


    Visando a sobrevivência, durante a evolução do ser humano, a natureza soube adaptar seu desenvolvimento para que ele se preparasse para as mais diversas situações que viria a encarar, como o perigo. A ansiedade e o medo, por exemplo, são gatilhos natos e muito importantes para a proteção do indivíduo. “Se estivermos em um local diferente, pouco iluminado e vermos um vulto, a ansiedade funciona como um sinal de alarme que pode servir para uma reação de fuga, para evitar sermos pegos de surpresa ou até reconhecer se há um perigo real”, exemplifica o psiquiatra Bernard Miodownik.

     [...] “A ansiedade é uma reação humana e suas alterações são contingências que podem atingir qualquer um, dependendo das vulnerabilidades subjetivas de cada pessoa”, explica Miodownik.

     Algumas pesquisas indicam que exista uma base genética que justifica o transtorno de ansiedade. Na formação das estruturas cerebrais ligadas aos estados de vigilância, haveria erros de funcionamento neuroquímico, que desencadeariam as sensações de ansiedade exagerada. [...]

     O hipocampo ventral é acionado ao mesmo tempo em que a área medial do córtex pré-frontal entra em ação. Assim, o cérebro irá reconhecer ou não a situação como ameaça. É no hipocampo que a memória e as emoções são processadas.

     De acordo com a interpretação do sistema nervoso, a área medial formula a resposta de outras áreas. Isso serve para que sejam produzidas uma reação de defesa e comportamento associados à ansiedade. 

O QUE é um item de natureza relacional (ou coesivo) a que são atribuídas diversas funções conforme disposto na coluna I. Dito isso, indique a classificação deste item nos contextos relacionados na coluna II e as respectivas exemplificações de uso no segundo.


Coluna I

(1) Pronome relativo

(2) Conjunção adverbial

(3) Partícula de realce

(4) Conjunção integrante


Coluna II

( ) “[...] a ansiedade funciona como um sinal de alarme QUE pode servir para uma reação de fuga [...]”.

( ) “A ansiedade é uma reação humana e suas alterações são contingências QUE podem atingir qualquer um [...]”.

( ) “Algumas pesquisas indicam QUE exista uma base genética [...]”.

( ) “O hipocampo ventral é acionado ao mesmo tempo em QUE a área medial do córtex pré-frontal entra em ação.”

( ) “É no hipocampo QUE a memória e as emoções são processadas”.


A sequência CORRETA de associação é:

Alternativas
Q1757534 Português

No texto abaixo, identificamos variados recursos de coesão referencial e sequencial. Leia-o com atenção e responda à questão:


O LUXO NÃO É LIXO 

    

    Uma batalha contra o desperdício das grifes de luxo está sendo travada na França. Combatê-lo é decisão sensata, uma vez que a produção fashion tem significativo impacto ambiental no planeta: é responsável por aproximadamente 8% das emissões de gases de efeito estufa no planeta. Ganhá-la não é, no entanto, tarefa fácil, porque esse setor movimenta bilhões de euros anualmente e é o segundo mais lucrativo do país. Influente, essa indústria produz objetos desejados em todo o mundo e modifica-la, portanto, significa incomodar muita gente, e de peso. Apesar das dificuldades, um nome se destaca nessa guerra: Brune Poirson, de 37 anos. Oficialmente chefe de uma Secretaria do Estado dentro do Ministério da Ecologia, a francesa já é chamada de “ministra da moda”, não pelo bom gosto ao se vestir, mas principalmente porque resolveu enfrentar esse setor gigante.

    Desde que assumiu o cargo, há três anos, Brune vem elaborando medidas para isso, como o texto da “lei de desperdício zero”, que visa implantar uma economia circular. A ideia é proibir que produtos não vendidos sejam incinerados, como ocorre hoje no país. Os números são exorbitantes: anualmente as marcas destroem 650 milhões de euros em artigos de luxo que sobram nos estoques, prática usada para evitar que eles se desvalorizem e assim garantir sua exclusividade, principal característica que lhes confere valor alto de venda. Mas a proposta da secretária vai além: prevê eliminar a utilização de plásticos descartáveis depois de 2021 e microplásticos em cosméticos, e obrigar que máquinas de lavar industriais usem filtros. (Isto É- 05/02/2020)

Analise as proposições com relação ao emprego das formas referenciais e avalie a sua veracidade.


I- Os pronomes oblíquos “O” e “A”, presentes em: “combatê-lo é decisão sensata” (L.1) e “ganhá-la não é, no entanto, tarefa fácil” (L.3), retomam os conteúdos “desperdício das grifes de luxo” e “batalha contra o desperdício”.

II- As expressões “esse setor” (L.3) e “nessa guerra” (L.5) recuperam respectivamente os seguintes conteúdos: “mercado de grife de luxo” e “luta contra o desperdício”.

III- Em: “prática usada para evitar que eles se desvalorizem”, (L.12) o referente do pronome pessoal “ELES” é “estoques”.

IV- Em: “característica que lhes confere valor alto de venda”, (L.12) e (L.13) o referente do pronome oblíquo “LHES” é “números exorbitantes”.


É CORRETO o que se afirma apenas em:

Alternativas
Q1757535 Português

No texto abaixo, identificamos variados recursos de coesão referencial e sequencial. Leia-o com atenção e responda à questão:


O LUXO NÃO É LIXO 

    

    Uma batalha contra o desperdício das grifes de luxo está sendo travada na França. Combatê-lo é decisão sensata, uma vez que a produção fashion tem significativo impacto ambiental no planeta: é responsável por aproximadamente 8% das emissões de gases de efeito estufa no planeta. Ganhá-la não é, no entanto, tarefa fácil, porque esse setor movimenta bilhões de euros anualmente e é o segundo mais lucrativo do país. Influente, essa indústria produz objetos desejados em todo o mundo e modifica-la, portanto, significa incomodar muita gente, e de peso. Apesar das dificuldades, um nome se destaca nessa guerra: Brune Poirson, de 37 anos. Oficialmente chefe de uma Secretaria do Estado dentro do Ministério da Ecologia, a francesa já é chamada de “ministra da moda”, não pelo bom gosto ao se vestir, mas principalmente porque resolveu enfrentar esse setor gigante.

    Desde que assumiu o cargo, há três anos, Brune vem elaborando medidas para isso, como o texto da “lei de desperdício zero”, que visa implantar uma economia circular. A ideia é proibir que produtos não vendidos sejam incinerados, como ocorre hoje no país. Os números são exorbitantes: anualmente as marcas destroem 650 milhões de euros em artigos de luxo que sobram nos estoques, prática usada para evitar que eles se desvalorizem e assim garantir sua exclusividade, principal característica que lhes confere valor alto de venda. Mas a proposta da secretária vai além: prevê eliminar a utilização de plásticos descartáveis depois de 2021 e microplásticos em cosméticos, e obrigar que máquinas de lavar industriais usem filtros. (Isto É- 05/02/2020)

Avalie as afirmações a seguir quanto ao emprego dos elementos de sequenciação, responsáveis por estabelecer relações semânticas entre as ideias, e assinale (V) para verdadeiro e (F) para falso.


( ) Em: “Combatê-lo é decisão sensata, uma vez que a produção fashion tem significativo impacto ambiental no planeta”, depreende-se da combinação das orações uma relação de consequência.

( ) Em: “[...] a francesa já é chamada de “ministra da moda”, não pelo bom gosto ao se vestir, mas principalmente porque resolveu enfrentar esse setor gigante”, tem-se a indicação de duas razões para a atribuição do título à ministra, dando-se destaque à segunda.

( ) Em: “Desde que assumiu o cargo, há três anos, Brune vem elaborando medidas para isso, como o texto da 'lei de desperdício zero'”, que deduz-se uma relação de condição entre as orações.

( ) Em: “[...] Mas a proposta da secretária vai além: prevê eliminar a utilização de plásticos descartáveis depois de 2021 e [...],” a informação introduzida pelo MAS ao mesmo tempo nega a limitação da proposta e introduz uma ressalva, estabelecendo um nexo retrospectivo e prospectivo.


A sequência CORRETA de preenchimento é:

Alternativas
Q1757536 Português

Atente para a pontuação empregada no texto abaixo, no que diz respeito ao uso das vírgulas sinalizadas entre parênteses. Analise os contextos de ocorrência e, em seguida, avalie as explicações oferecidas para tais usos, de modo a estabelecer uma associação entre esses usos e as justificativas oferecidas.


Brasil se destaca em olimpíadas de profissões técnicas


O país conquistou o terceiro lugar na edição da WorldSkills ocorrida em agosto de 2019 em Kazan (,) 1 na Rússia. Com o resultado (,) 2 está há sete edições consecutivas entre os cinco melhores do mundo. Participaram da competição 1.354 jovens de 63 países. [...] Sede do próximo evento(,) 3 em 2021(,) 4 a China levou o primeiro lugar (,) 5 enquanto os anfitriões da edição 2019 ficaram com o segundo.

Algumas das conquistas do Brasil se deram em áreas estratégicas para a indústria 4.0, como computação em nuvem, mecatrônica e cibersegurança (,) 6 uma demonstração de que o país tem conhecimento nesses ramos, mas precisa disseminá-lo para formar mão de obra.(Isto É- 05/02/2020)


( ) Separa uma expressão explicativa (aposto).

( ) Separa adjuntos adverbiais que estão numa sequência.

( ) Separa uma oração adverbial com noção de contraste.

( ) Separa um adjunto adverbial de causa.

( ) Separa um aposto deslocado.

( ) Separa um adjunto adverbial de tempo.


A sequência CORRETA de associação é:

Alternativas
Respostas
1: D
2: B
3: C
4: A
5: B