O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

A gente tem tudo o que você precisa. Planos a partir de R$22/mês. Aproveite! 🚀

Questões de Concurso Público CFC 2016 para Auditor Independente - SUSEP

Foram encontradas 10 questões

Ano: 2016 Banca: CFC Órgão: CFC Prova: CFC - 2016 - CFC - Auditor Independente - SUSEP |
Q1301055 Contabilidade Geral
Em relação à distribuição, à comercialização e às demais operações realizadas pelas sociedades de capitalização, julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I. Distribuidor de título de capitalização é a pessoa física ou jurídica que realiza a intermediação entre a sociedade de capitalização e o canal de venda dos títulos de capitalização. II. A prestação de serviço pelo distribuidor é uma atividade autônoma, sem subordinação ou exclusividade, neste último caso, respeitada a área territorial definida em contrato, não gerando nenhum vínculo de emprego entre as partes, sociedade de capitalização e distribuidor, nem entre os empregados e/ou prestadores de serviços do distribuidor em relação à sociedade de capitalização e vice-versa. III. A relação da sociedade de capitalização com o distribuidor deverá estar materializada em contrato particular, previamente ao início das operações, devendo contemplar a realização de auditoria nas atividades dos distribuidores, vinculados à oferta dos títulos de capitalização. IV. A provisão matemática para resgate de um título deverá considerar atualização monetária e juros, a partir da data de vigência. V. A sociedade de capitalização poderá se apropriar da provisão matemática dos títulos suspensos ou caducos por inadimplência dos pagamentos, devendo colocar à disposição do titular, independentemente do número de pagamentos efetuados, o valor de resgate após o prazo de carência, ainda que a inadimplência ocorra em data anterior ao prazo de carência fixado.
A sequência CORRETA é:
Alternativas
Ano: 2016 Banca: CFC Órgão: CFC Prova: CFC - 2016 - CFC - Auditor Independente - SUSEP |
Q1301057 Contabilidade Geral
São ativos redutores da necessidade de cobertura de suas provisões técnicas que poderão ser utilizados pelas seguradoras, Entidades Abertas de Previdência Complementar (EAPC) e resseguradores locais. A esse respeito, julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I. Créditos com a cessionária em um contrato de resseguro ou retrocessão.
II. O valor, respectivamente, dos prêmios de resseguro diferidos e dos prêmios de retrocessão diferidos, diretamente relacionados às provisões técnicas da cedente, líquidos de montantes pendentes de pagamento à contraparte, vencidos e a vencer.
III. Depósitos judiciais relacionados às provisões técnicas.
IV. Custos de aquisição diferidos referentes às despesas de corretagem, efetivamente liquidadas diretamente relacionadas ao valor do prêmio comercial e diferidas de acordo com a vigência de cada risco.
V. O valor da parcela da insuficiência das provisões técnicas, apurada no Teste de Adequação de Passivos (TAP), de responsabilidade de cessionária em um contrato de resseguro a retrocessão.
Alternativas
Ano: 2016 Banca: CFC Órgão: CFC Prova: CFC - 2016 - CFC - Auditor Independente - SUSEP |
Q1301061 Contabilidade Geral
A Resseguradora MKY S.A. é uma resseguradora local. A entidade apresentou as seguintes informações em suas demonstrações contábeis e registros auxiliares, as quais foram devidamente auditadas relativas a 31 de dezembro de 2015. 

                                                                                                       Valores em milhares
                                                                                                                  de reais
I. Patrimônio líquido contábil-composição
1. Capital social = Capital base                                                                60.000
2. Reservas de lucros                                                                                30.125
3. Ajustes com títulos e valores mobiliários                                             (498)
II. Capital de risco adicional
4. Risco de subscrição                                                                              60.318
5. Risco de crédito                                                                                     12.080
6. Risco operacional                                                                                    3.820

III. Ativos – Composição por contas
7. Caixa e equivalentes                                                                             18.652
8. Créditos das operações com resseguros                                         216.437
9. Despesas antecipadas não relacionadas ao resseguro                      2.151
Participações societárias de caráter permanente:
10. Em sociedades não financeiras                                                           1.863
11. Em sociedades financeiras                                                                  1.050
12. Intangíveis                                                                                                686
13. Custos de aquisição diferidos - resseguros                                       3.420
14. Créditos tributários decorrentes de prejuízos fiscais – IRPJ-CSLL 6.122
15. Ativos diferidos                                                                                         423
16. Bens – móveis e utensílios                                                                   1.512
17. Pedras preciosas e obras de arte                                                        3.400
18. Ativo total líquido

Baseado nas informações, o Patrimônio Líquido Ajustado (PLA) é:
Alternativas
Ano: 2016 Banca: CFC Órgão: CFC Prova: CFC - 2016 - CFC - Auditor Independente - SUSEP |
Q1301062 Contabilidade Geral
A Resseguradora MKY S.A. é uma resseguradora local. A entidade apresentou as seguintes informações em suas demonstrações contábeis e registros auxiliares, as quais foram devidamente auditadas relativas a 31 de dezembro de 2015. 

                                                                                                       Valores em milhares
                                                                                                                  de reais
I. Patrimônio líquido contábil-composição
1. Capital social = Capital base                                                                60.000
2. Reservas de lucros                                                                                30.125
3. Ajustes com títulos e valores mobiliários                                             (498)
II. Capital de risco adicional
4. Risco de subscrição                                                                              60.318
5. Risco de crédito                                                                                     12.080
6. Risco operacional                                                                                    3.820

III. Ativos – Composição por contas
7. Caixa e equivalentes                                                                             18.652
8. Créditos das operações com resseguros                                         216.437
9. Despesas antecipadas não relacionadas ao resseguro                      2.151
Participações societárias de caráter permanente:
10. Em sociedades não financeiras                                                           1.863
11. Em sociedades financeiras                                                                  1.050
12. Intangíveis                                                                                                686
13. Custos de aquisição diferidos - resseguros                                       3.420
14. Créditos tributários decorrentes de prejuízos fiscais – IRPJ-CSLL 6.122
15. Ativos diferidos                                                                                         423
16. Bens – móveis e utensílios                                                                   1.512
17. Pedras preciosas e obras de arte                                                        3.400
18. Ativo total líquido

Baseado nas informações, o Capital Mínimo Requerido (CMR) é:
Alternativas
Ano: 2016 Banca: CFC Órgão: CFC Prova: CFC - 2016 - CFC - Auditor Independente - SUSEP |
Q1301063 Contabilidade Geral
A Resseguradora MKY S.A. é uma resseguradora local. A entidade apresentou as seguintes informações em suas demonstrações contábeis e registros auxiliares, as quais foram devidamente auditadas relativas a 31 de dezembro de 2015. 

                                                                                                       Valores em milhares
                                                                                                                  de reais
I. Patrimônio líquido contábil-composição
1. Capital social = Capital base                                                                60.000
2. Reservas de lucros                                                                                30.125
3. Ajustes com títulos e valores mobiliários                                             (498)
II. Capital de risco adicional
4. Risco de subscrição                                                                              60.318
5. Risco de crédito                                                                                     12.080
6. Risco operacional                                                                                    3.820

III. Ativos – Composição por contas
7. Caixa e equivalentes                                                                             18.652
8. Créditos das operações com resseguros                                         216.437
9. Despesas antecipadas não relacionadas ao resseguro                      2.151
Participações societárias de caráter permanente:
10. Em sociedades não financeiras                                                           1.863
11. Em sociedades financeiras                                                                  1.050
12. Intangíveis                                                                                                686
13. Custos de aquisição diferidos - resseguros                                       3.420
14. Créditos tributários decorrentes de prejuízos fiscais – IRPJ-CSLL 6.122
15. Ativos diferidos                                                                                         423
16. Bens – móveis e utensílios                                                                   1.512
17. Pedras preciosas e obras de arte                                                        3.400
18. Ativo total líquido

Baseado nas informações, o Ativo Total Ajustado requerido para fins de cálculo do Patrimônio Líquido Ajustado (PLA) é:
Alternativas
Respostas
1: B
2: C
3: A
4: B
5: A