O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Concurso TRF 3 permanece em estudo, mas "contenções orçamentárias dificultam a realização"

Nesta segunda-feira (1/7), em ata publicada no Diário de Justiça do TRF 3, a presidente do tribunal. Therezinha Cazerta, informou que o concurso TRF 3 permanece em estudo, mas "as contenções orçamentárias dificultam a sua realização". Segundo a desembargadora, o custo do certame é de oito milhões de reais.

Leia a ata completa aqui.

Veja o trecho a respeito do próximo concurso:

A ata trata da 189ª Sessão Ordinária do Conselho de Administração. A presidente do tribunal explicou que a taxa de inscrições paga pelos candidatos não reverte para os gastos do edital.

Por isso, segundo a Desembargadora, "é necessário eleger as prioridades".

Atualmente, somados as três regiões, há 462 cargos vagos no TRF 3. O último certame venceu em abril de 2018, chamou mais que o dobro de vagas anunciadas e não conseguiu suprir a demanda por mais servidores.

No concurso de 2013, foram ofertadas 125 vagas para Analistas e 135 para Técnicos. E foram convocados 268 Analistas e 614 Técnicos.

Saiba mais sobre o concurso TRF 3 aqui.

E agora, qual o próximo passo?

A comissão formada pelo tribunal para organização do certame analisa diversos temas, entre eles, o orçamento disponível. O grupo de servidores deverá encontrar a forma mais adequada para montar o concurso.

Todos os detalhes colhidos pela comissão - vagas, cargos previstos, etapas e orçamento - serão reunidos no projeto básico, que será repassado para as bancas. Delas, uma será selecionada como organizadora do concurso e, então, resta a espera pelo edital.


Conheça aqui os pacotes para o concurso TRF 3: Conhecimentos gerais, TJAA, AJAJ, CONTADORIA, AJAJ + Oficial de Justiça e AJAJ

Fique ligado em nosso blog e acompanhe as principais notícias de concurso em primeira mão.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.