Concurso INSS: relatório da transição aponta redução nos últimos anos

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passou por redução de servidores, desde 2016, aponta relatório do Gabinete de Transição Presidencial. O novo concurso INSS visa suprir o déficit de servidores diante de uma desestruturação institucional do órgão, nos últimos anos.

De acordo com o documento, desde 2016 o Governo Federal adotou medidas que desestabilizaram a Previdência Social e inserem o novo governo em um cenário desafiador.

Além disso, a equipe ainda complementou que, nos últimos anos, "assistiu-se também a uma política que se traduziu no represamento de direitos para a redução forçada de gastos, com graves consequências administrativas e sociais", sendo elas:

  • a redução do quadro de servidores do INSS;
  • o fechamento de agências físicas;
  • a desatualização cadastral que limita a concessão automática de direitos;
  • a precariedade do serviço de teleatendimento;
  • a migração do atendimento presencial para canais remotos;
  • as dificuldades com o uso dos canais online;
  • as limitações técnicas do canal digital; e
  • o uso de automatização na concessão de benefícios com base em protocolos imprecisos, levando a indeferimentos desnecessários.

O relatório ainda menciona um documento com mudanças na Previdência Social, que consta a contratação de mil novos servidores durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Informações divulgadas pelo O Globo, indicam que um novo concurso está presente nestas mudanças propostas à Previdência Social pelo grupo de transição.

Lembrando que o concurso INSS em andamento contempla a carreira de Técnico do Seguro Social, de nível médio. Já a carreira de Analista do Seguro Social ficou de fora desta seleção. Para o cargo de nível superior eram previstas 1.571 vagas, que foram solicitadas ao Ministério da Economia.

Ainda assim, para a equipe de transição do novo governo, a contratação de mil técnicos não será o suficiente para suprir a necessidade da autarquia.

Inicialmente, o pedido junto ao ME era de mais de 7 mil vagas, antes de receber o aval para mil postos.

Último concurso INSS

O concurso INSS foi publicado em 2022, com mil vagas para técnico do seguro social, de nível médio. A remuneração inicial é de até R$5.905,79, com jornada de 40 horas.

Organizado pelo Cebraspe, as provas objetivas foram aplicadas nos dias 27 de novembro de 2022, para todas as Gerências Executivas (GEX), e no dia 11 de dezembro, para a GEX de Guarulhos (SP).

As provas objetivas foram compostas por 120 questões, distribuídas entre Conhecimentos Básicos e Conhecimentos Específicos.

Na parte geral, foram cobradas as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa;
  • Ética no Serviço Público;
  • Noções de Direito Constitucional e Administrativo;
  • Raciocínio Lógico; e
  • Noções de Informática.

Resumo do Concurso


Quer ficar por dentro das principais notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.