O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Faltam 8 dias

⚠️ Atenção: Reserve sua vaga na Black November e não perca o maior desconto!

GARANTIR DESCONTO

Competências da Redação do ENEM: competência 4 - Coesão Textual

A quarta competência do ENEM é responsável pela coesão textual. A coesão é a ligação existente entre as ideias e a estrutura textual. Sendo assim, é importante incluir elementos coesivos inter e intraparágrafos para conseguir um texto coeso.

Competência IV - Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação

O primeiro aspecto a ser avaliado nesse critério é a presença de justaposição, ou seja, se há parágrafos escritos em um único período ou se há a escrita de períodos extensos. Esse desvio deve ser evitado com a escrita de parágrafos equilibrados, isto é, parágrafos com a pontuação e escrita de períodos adequados para o tamanho do texto.

Além disso, a presença de elementos coesivos também é outro ponto a ser julgado. A redação deve ter coesivos intraparágrafos - conectivos que ligam informações e palavras dentro do próprio parágrafo a ser escrito - e extraparágrafos - conectivos que ligam informações e ideias entre os parágrafos da redação. Dessa maneira, é importante revisar a tabela das conjunções, preposições, advérbios e outras classes gramaticais que podem servir como elementos coesivos.

Ainda, não basta um texto ser repleto de conectivos se esses conectivos não fazem sentido com as ideias empregadas no parágrafo ou no período. Portanto, se os elementos coesivos não estiverem adequados, sob o ponto de vista semântico, o texto perderá pontos nessa competência. Repetição de palavras ou elementos coesivos também deve ser evitada, assim como a escrita de textos monoblocos - textos escritos em apenas 1 parágrafo.

A seguir temos a tabela de pontuação em cada nível:

Nível Pontuação Especificação
0 0 Palavras e períodos justapostos e desconexos ao longo de todo o texto, o que demonstra ausência de articulação.
1 40 Presença rara de elementos coesivos inter e/ou intraparágrafos E/OU excessivas repetições E/OU excessivas inadequações
2 80 Presença pontual de elementos coesivos inter e/ou intraparágrafos E/OU muitas repetições E/OU muitas inadequações. (Textos em forma de monobloco não devem ultrapassar este nível.)
3 120 Presença regular de elementos coesivos inter e/ou intraparágrafos E/OU algumas repetições E/OU algumas inadequações
4 160 Presença constante de elementos coesivos inter e intraparágrafos E/OU poucas repetições E/OU poucas inadequações. (Havendo elemento coesivo do tipo “operador argumentativo” entre parágrafos em, pelo menos, 01 momento do texto.)
5 200 Presença expressiva de elementos coesivos inter e intraparágrafos E raras ou ausentes repetições E sem inadequação. (Havendo elemento coesivo de tipo “operador argumentativo” entre parágrafos em, pelo menos, 02 momentos do texto e, pelo menos, 01 elemento coesivo de qualquer tipo dentro de todos os parágrafos.)

Como estudar?

É importante revisar as estratégias coesivas para evitar a repetição de palavras - como o uso de sinônimos, anáfora, catáfora, elipse, entre outras. Além disso, reveja a tabela de conjunções, preposições e outras classes que podem ser usadas como elementos coesivos e o sentido que elas trazem ao texto. Por fim, escreva uma ou duas redações por semana e tente incluir um operador argumentativo no início do segundo parágrafo de desenvolvimento e no início do parágrafo conclusivo.

Bons estudos e até a próxima!

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.