Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1.815 questões encontradas
    Ano: 2016
    Banca: FCC
    Órgão: TRT - 1ª REGIÃO (RJ)

    De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho e o entendimento sumulado pelo TST, são hipóteses de interrupção do contrato de trabalho:

    I. O afastamento do empregado, por até 15 dias consecutivos, por força de auxílio-doença.

    II. O período de afastamento de até 9 dias em que o empregado professor se afasta em consequência do falecimento de filho.

    III. O período em que o empregado exercer cargo de diretor da empresa, desde que não permaneça existindo subordinação.

    IV. O período em que o empregado permanece afastado, por até 30 dias, cumprindo sanção disciplinar.

    Está correto o que se afirma em 

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.

    Ano: 2016
    Banca: FCC
    Órgão: TRT - 1ª REGIÃO (RJ)
    Anulada

    São direitos do atleta profissional, decorrentes do contrato especial de atleta desportivo:

    I. Repouso semanal remunerado de 24 horas ininterruptas.

    II. Não obrigação de atuar em eventos, oficiais ou amistosos, que não respeitem o intervalo mínimo de 66 horas entre o término do primeiro e o início do segundo.

    III. Férias anuais de 30 dias, acrescidas de abono, que, a critério do empregador, podem coincidir com o período de recesso das atividades desportivas.

    IV. Previsão obrigatória no contrato de cláusula compensatória, devida pela rescisão decorrente de inadimplemento salarial por culpa do empregador, pela rescisão indireta na forma da legislação trabalhista ou pela dispensa imotivada do atleta.

    Está correto o que se afirma em 

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.

    03
    Q632859
    Ano: 2016
    Banca: FCC
    Órgão: TRT - 1ª REGIÃO (RJ)

    De acordo com a Lei n° 12.690/2012, as cooperativas de trabalho devem garantir aos seus sócios, no mínimo:

    I. Duração normal do trabalho de 8 horas diárias, ressalvada a necessidade de trabalho por meio de plantão ou escala.

    II. Assistência médica por meio de serviço próprio ou convênio.

    III. Retirada para o trabalho noturno superior à daquele diurno.

    IV. Adicional sobre a retirada para as atividades insalubres, perigosas ou penosas.

    Está correto o que se afirma em 

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.

    Ano: 2016
    Banca: FCC
    Órgão: TRT - 1ª REGIÃO (RJ)

    Considere a Lei n° 11.788/2008 que regula o estágio:

    I. A carga horária da atividade do estagiário nunca pode ultrapassar a 20 horas semanais, sendo 4 horas diárias, sempre compatíveis com as atividades escolares.

    II. A duração do estágio para a mesma parte concedente, exceto para os portadores de deficiência, é de, no máximo, 2 anos.

    III. Na hipótese de estágio não obrigatório, a atividade do estagiário deve necessariamente ser remunerada, com a concessão de, pelo menos, bolsa e auxílio-transporte.

    IV. Nos estágios com duração superior a um ano, o estagiário tem direito a recesso por período de 30 dias, preferencialmente coincidente com as férias escolares, sendo a bolsa devida neste período acrescida de um terço.

    Está correto o que se afirma em 

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.

    Ano: 2016
    Banca: FCC
    Órgão: TRT - 1ª REGIÃO (RJ)

    Maria Eduarda foi contratada pela empresa Tudo Limpo Prestadora de Serviços de Limpeza Ltda., em 24/04/2012. Por força de contrato celebrado por esta empresa com a Ora, Veja Materiais Ópticos S/A, para a realização de serviços de asseio e conservação, Maria Eduarda prestou serviços na sede da empresa tomadora dos serviços, do início do contrato de trabalho até 13/02/2014. Nesta data, em função do término do contrato de prestação de serviços entre as empresas já referidas, e por determinação da empregadora, Maria Eduarda passou a trabalhar, nas mesmas condições, em outra empresa para a qual sua empregadora prestava serviços: Rosa Rosa, Floricultura Ltda. Maria Eduarda trabalhou até 29/09/2014, quando novamente pelo término do contrato de prestação de serviços (entre Tudo Limpo e Rosa Rosa), por determinação de sua empregadora, passou, também, nas mesmas condições anteriores, a trabalhar para a Altos Móveis Armários Ltda. Maria Eduarda trabalhou até 20/09/2015, quando foi dispensada imotivadamente por sua empregadora.

    Sem receber qualquer parcela decorrente da rescisão e se entendendo ainda credora de horas extras durante a integralidade do contrato de trabalho, Maria Eduarda ajuíza ação em face de Tudo Limpo Prestadora de Serviços de Limpeza Ltda. e, na qualidade de devedoras subsidiárias por todas as parcelas decorrentes do contrato, de Ora, Veja Materiais Ópticos, Rosa Rosa Floricultura e de Altos Móveis Armários.

    Adotando-se o entendimento sumulado pelo TST, e partindo da premissa de que as alegações de Maria Eduarda foram comprovadas na instrução processual, 

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.