Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1 questão encontrada
    01
    Q439389
    Ano: 2014
    Banca: IF-SC
    Órgão: IF-SC
    Considere a leitura do texto a seguir para responder a questão.

                                Pare de fazer dieta

    Você sabia que é possível ser saudável em qualquer tamanho? E que 95% das pessoas que
    fazem dieta recuperam o peso? Saia desse ciclo de culpa e aprenda a amar, de verdade, seu
    corpo.

         Gorda. É o que vejo quando olho no espelho. E me bate a Rainha Má ao contrário: espelho, espelho meu, existe alguém no mundo mais gorda do que eu? Não há como negar: estou acima do peso alardeado como ideal. O que é irônico, afinal, passei boa parte da minha vida de dieta.
         Longe de ser exceção, minha história é a mesma de muita gente que tentou perder  peso. Entramos em um ciclo vicioso de emagrecer, engordar, odiar-se, emagrecer, engordar. Felizmente, há uma luz no fim do túnel. Uma mudança de paradigma em que a comida deixa  de ser sinônimo de culpa. E em que a obesidade deixa de ser doença. Sim, é isso mesmo: ser  gordo não é o problema. Existem evidências científicas para comprovar tudo isso. Duvida? Vem comigo.
         Se você vive nesse planeta, certamente já ouviu falar que ser gordo faz mal. Profissionais de saúde e mídia não cansam de repetir que é preciso emagrecer para prolongar a vida. Acontece, porém, que já está bem estabelecido que é possível ser saudável e gordo. Estima-se  que pelo menos 30% das pessoas classificadas como obesas - com Índice de Massa Corporal  maior que 30 - são saudáveis em termos cardíacos e metabólicos, incluindo níveis de colesterol e de glicose e insulina no sangue. Somente quando o imc se aproxima dos extremos, a partir de 35, é que os riscos aumentam. E, mesmo nesse nível, a saúde pode ser melhorada sem  perda de peso. Em um estudo feito com milhões de noruegueses, comprovou-se que a mais  alta expectativa de vida era a das pessoas com sobrepeso. E a mais baixa, a dos muito magros. Fazer exercícios e comer bem é mais importante para a saúde do que ser esguio. Pessoas obesas fisicamente ativas vivem tanto quanto os magros que se exercitam, e mais que os  sedentários esbeltos.
         [...].
                       

                                    (CALLEGARI, Jeanne. Pare de fazer dieta. In: Vida simples. Disponível em: <
              http://vidasimples.abril.com.br/temas/pare-fazer-dieta-799177.shtml>. Acesso em: 10 set. 2014).
    Considerando a leitura do texto, e o emprego da vírgula na norma padrão da língua, marque V para verdadeiro e F para falso:
    ( ) “Em um estudo feito com milhões de noruegueses, comprovou-se que a mais alta expectativa de vida era a das pessoas com sobrepeso. E a mais baixa, a dos muito magros”, o uso da vírgula, no fragmento em destaque, indica elipse.
    ( ) Em “Acontece, porém, que já está bem estabelecido...”, e “O que é irônico, afinal, passei boa parte da minha vida...”, as vírgulas, em destaque, foram empregadas para separar as conjunções coordenativas.
    ( ) No fragmento, “E me bate a Rainha Má ao contrário: espelho, espelho meu, existe alguém no mundo mais gorda do que eu?”, a vírgula, em destaque, foi empregada na frase para separar o vocativo.
    ( ) No excerto, “Se você vive nesse planeta, certamente já ouviu falar que ser gordo faz mal”, a vírgula, em destaque, foi empregada para separar a oração subordinada substantiva subjetiva.
    ( ) No fragmento, “Entramos em um ciclo vicioso de emagrecer, engordar, odiar-se, emagrecer, engordar”, as vírgulas, em destaque, foram empregadas para separar as expressões explicativas.

    Assinale a opção que contém a sequência CORRETA de cima para baixo.

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.