Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se

Questões de Concursos - Questões

ver filtro
filtros salvos
  • Você ainda não salvou nenhum filtro
    • Apenas que tenham
    • Excluir questões
    salvar
    salvar x
    limpar
    1 questão encontrada
    Ano: 2015
    Banca: VUNESP
    Órgão: Prefeitura de Suzano - SP
    Leia o trecho adaptado do poema A revolta dos macacos, de Pompilho Diniz

    Só nos trouxe desvantagem
    Essa tal de descendência.
    Pois por causa dessa bobagem,
    Houve tanta desavença,
    Que de algum tempo pra cá
    Bicho nenhum quer mais dar
    A macaco muita crença…

    Se os homens tivessem enfim
    descendência de macaco,
    não havia gente ruim
    e nem sujeito velhaco.
    Viviam sem ter trabalho
    Dormindo no mesmo galho
    Comendo no mesmo caco

    Veja bem se algum de nós
    somente por ambição
    Guardando rancor feroz
    mata seu próprio irmão.
    Que ele seja forte ou fraco
    macaco contra macaco
    nunca fez revolução.

    Considerando que um representante da espécie simiesca assume a voz do eu lírico, conclui-se que o poema é construído

    Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.