O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
40%

2022 pode ser o ano que vai mudar a sua vida. Vem com a gente com até 40% OFF! 🤑

Questões de Concurso Público CRC-AP 2021 para Contador Fiscal

Foram encontradas 3 questões

Ano: 2021 Banca: Quadrix Órgão: CRC-AP Prova: Quadrix - 2021 - CRC-AP - Contador Fiscal |
Q1740438 Análise de Balanços

Os indicadores de liquidez são os índices financeiros utilizados para se verificar a capacidade monetária de uma empresa de cumprir com as obrigações compreendidas no passivo. Portanto, são índices extremamente importantes para o acompanhamento da saúde financeira de qualquer instituição. Só é possível se calcular esses índices com os dados do ativo e do passivo, visto que é necessário aplicar fórmulas específicas, que compreendem esses valores. Para se chegar até os indicadores de liquidez, é preciso reunir informações do balanço patrimonial. São quatro os indicadores de liquidez utilizados pelas empresas na administração contábil: de liquidez corrente; de liquidez seca; de liquidez imediata; e de liquidez geral. Cada indicador representa um modelo de prazo e de capacidade de pagamento. Resumidamente, pode-se dizer que a liquidez imediata trata das obrigações da empresa a curtíssimo prazo, a liquidez seca e a liquidez corrente dizem respeito às obrigações de curto prazo e a liquidez geral compreende as obrigações de longo prazo. O indicador de liquidez seca é bastante semelhante ao de liquidez corrente. Entretanto, a diferença é a de que o estoque não é computado no cálculo como ativo circulante. Isso ocorre porque nem sempre o estoque representa um ativo que está diretamente atrelado ao patrimônio da empresa. Dessa forma, a liquidez seca trará resultados que indicam a real liquidez do ativo circulante, mesmo que nenhum produto do estoque seja vendido ou utilizado. O resultado desse cálculo, geralmente, fica igual ou abaixo do resultado da liquidez corrente, mas nunca apresenta um valor muito distante. Supondo que uma empresa tenha apresentado uma diminuição em seu indicador de liquidez seca durante o mês de dezembro de X1, julgue os itens subsequentes.


I O pagamento de despesas com salários pode ter causado essa redução.

II A aquisição de estoques para pagamento em fevereiro de X2 pode ter causado essa redução.

III A integralização de capital social em estoque pelos sócios da empresa pode ter causado essa redução.

IV A captação de empréstimo bancário de longo prazo, com a carência para iniciar o pagamento findando-se em dezembro de X3, pode ter causado essa redução.


Assinale a alternativa correta.

Alternativas
Ano: 2021 Banca: Quadrix Órgão: CRC-AP Prova: Quadrix - 2021 - CRC-AP - Contador Fiscal |
Q1740441 Análise de Balanços

O capital circulante líquido (CCL) é um indicador de liquidez que mede a capacidade da empresa de cumprir com seus compromissos de pagamento e de manter suas operações funcionando. O CCL é verificado pela diferença entre o ativo circulante (disponível, contas a receber, estoques e despesas pagas antecipadamente) e o passivo circulante (fornecedores, contas a pagar e outras exigibilidades do exercício seguinte) em um determinado momento. Acerca desse assunto, julgue os itens seguintes.


I Um aumento de capital em dinheiro não afetaria o CCL.

II Vendas de permanentes recebíveis a curto prazo não afetariam o CCL.

III O pagamento de fornecedores de matéria-prima não afetaria o CCL.

IV Um financiamento de longo prazo para a aquisição de uma loja não afetaria o CCL.

V A aquisição de um empréstimo bancário de curto prazo não afetaria o CCL.


Assinale a alternativa correta.

Alternativas
Ano: 2021 Banca: Quadrix Órgão: CRC-AP Prova: Quadrix - 2021 - CRC-AP - Contador Fiscal |
Q1740444 Análise de Balanços
O capital de terceiros, como, por exemplo, o empréstimo, é um recurso externo que as empresas buscam para financiar suas atividades. Na contabilidade, o capital de terceiros é formado por todo o passivo exigível. Esse valor constitui a obrigação adquirida por meio de contratos a crédito, que é reembolsada aos credores depois de um tempo. Alguns exemplos de passivos que formam o capital de terceiros, além dos empréstimos, são os financiamentos e as dívidas a fornecedores. O capital que a empresa financia por meio de terceiros é diferente do capital próprio, em que ocorrem entradas de capital por meio de sócios ou acionistas. Ao iniciar uma empresa, o primeiro investimento feito pelos sócios é conhecido como capital social e é este que constitui o patrimônio líquido inicial. A partir disso, conforme aparecem mais investimentos por parte dos sócios ou acionistas, passa a existir um aumento de capital próprio. Já o capital de terceiros é uma outra maneira da qual os administradores dispõem, por meio dos recursos externos, sem envolver novos sócios e com dívidas a serem pagas até um certo prazo, para buscar capital para investir. Os recursos aplicados no ativo de uma instituição são provenientes do capital de terceiros e do patrimônio líquido. Contudo, para que haja vantagem na utilização do capital de terceiros, é necessário que os ganhos a serem obtidos superem os encargos financeiros incorridos. A forma mais usual de se avaliar se há ou não ganhos, em relação ao emprego do capital de terceiros, é por meio do quociente denominado
Alternativas
Respostas
1: B
2: B
3: D