Atualizando histórico

Estamos atualizando seu histórico de questões resolvidas, por favor aguarde alguns instantes.

Menu
Cadastre-se

Publicações Jornalísticas: Conceitos


QUESTÕES PARA PRATICAR

(1 questões)
Ver no modo completo: Todas as questões
01
Q78236
Aplicada em: 2010
Banca: NC-UFPR
Órgão: UFPR
Prova: Jornalista
Com relação ao gênero jornalístico "livro-reportagem", identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F).

( ) O livro-reportagem é um veículo de comunicação não periódico que se firmou no cenário jornalístico contemporâneo em função da redução do espaço para a publicação de reportagens impressas. Além disso, o livro-reportagem vai além das fronteiras da imprensa cotidiana e, muitas vezes, casa muito bem os recursos jornalísticos e os recursos literários, tornando-se, por sua inovação, no entendimento de vários autores, um gênero jornalístico alternativo.
( ) Influenciado pelo novo jornalismo norte-americano, o livro-reportagem firmou-se nos Estados Unidos na década de 60, embora tenha precursores em décadas anteriores, como é o caso de "Hiroshima", de John Hersey. No Brasil, o boom do livro-reportagem ocorreu apenas nos anos 90, após o período da ditadura militar.
( ) Nelson Traquina, Nilson Lage e José Marques de Melo estão entre os autores de livro-reportagem no Brasil que imprimiram ao gênero uma visão nacionalista e se destacam pela publicação de biografias e casos investigativos.
( ) Cremilda Medina, em seu livro "Entrevista - O Diálogo Possível", localiza cinco subgêneros da entrevista: a entrevista conceitual, a entrevista enquete, a entrevista investigativa, a confrontação-polemização e o perfil humanizado. Todos esses subgêneros são encontrados em livros-reportagem com maior facilidade do que na mídia regular.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

Você configurou para não ver comentários antes de resolver uma questão.