O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Faltam 9 dias

⚠️ Atenção: Reserve sua vaga na Black November e não perca o maior desconto!

GARANTIR DESCONTO

Unicamp não aceitará Enem para ingresso em 2021

O Enem não será aceito para ingresso na Unicamp em 2021. A informação foi divulgada pela universidade nessa quarta-feira, 23 de julho de 2020. A justificativa é a incompatibilidade dos calendários com o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio de 2020 causado pela pandemia do novo coronavírus no Brasil (COVID-19).

De acordo com a Comvest (Comissão Permanente de Vestibulares da Unicamp), as 639 vagas que seriam oferecidas pelo Enem-Unicamp serão transferidas para o vestibular tradicional da Universidade Estadual de Campinas, incluindo aquelas que são reservadas ao sistema de cotas. Com a transferência, será oferecido um total de 3.234 vagas.

O Enem 2020 estava previsto para acontecer em novembro deste ano, mas foi adiado para janeiro de 2021 por conta da pandemia. A nova data foi definida após uma enquete realizada com mais de um milhão de estudantes.

Sistema de cotas

Com a inclusão das vagas no vestibular tradicional, a reserva para estudantes de escolas públicas e autodeclarados pretos ou pardos subiu de 15% para 25%. Segundo o diretor da Comvest, José Alves Neto, a lista de aprovados do Enem será divulgada no dia 15 de março, o que acarretaria em um atraso na convocação dos candidatos.

“Os estudantes do sistema de cotas entrariam com no mínimo três semanas de atraso em relação aos demais e isso não seria bom para o entrosamento dos alunos e para o rendimento dos mesmos”, justificou.

Ainda de acordo com o diretor do Comvest, com a mudança no sistema de ingresso, a universidade reabriu o processo de solicitação de isenção da taxa de inscrição. O pedido deve ser feito até o dia 31 de julho de 2020.

“Nós não queremos que nenhum candidato que deseja entrar pelo Enem fique de fora da oportunidade de disputar o vestibular da Unicamp”, afirma José Alves Neto.

A lista de beneficiados do Programa Complementar de Isenção será divulgada no dia 14 de agosto de 2020, na página da Comvest.

Vestibular Unicamp

As inscrições do vestibular da Unicamp vão acontecer entre os dias 30 de julho e 8 de setembro de 2020. As provas da primeira fase serão aplicadas nos dias 6 e 7 de janeiro de 2021 em mais de 30 cidades de São Paulo, além das capitais de outros estados, como Brasília, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador e Fortaleza.

As provas serão realizadas em dois dois dias consecutivos para evitar aglomeração. No dia 6 de janeiro serão aplicadas as provas para os cursos das áreas de Ciências Humanas/Artes e de Ciências Exatas/Tecnológicas. Já no segundo dia, 7 de janeiro, serão as provas para as áreas de Ciências Biológicas/Saúde.

Estude com questões focadas no vestibular Unicamp

Para cada dia de aplicação haverá uma prova única para todos os candidatos das áreas daquela data (Ciências Exatas/Tecnológicas e  Ciências Humanas/Artes, na quarta-feira e Ciências Biológicas/Saúde, na quinta-feira).

O exame da primeira fase será composto de 72 questões objetivas de Conhecimentos Gerais das seguintes disciplinas:

  • Português e Literatura (12)
  • Matemática (12)
  • Biologia (8)
  • Física (8)
  • Geografia/Sociologia (8)
  • História/Filosofia (8)
  • Inglês (8)
  • Química (8)

A segunda fase do vestibular não sofrerá alteração do formato e continuará sendo aplicada nos dias 7 e 8 de fevereiro de 2021. Veja como será constituída a segunda etapa por curso:

Cronograma


Fique por dentro das notícias sobre Enem e Vestibulares no canal do Telegram.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.