O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

TRF 4: edital em breve

images (12)O edital do concurso para servidores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4), que abrange os estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, está previsto para sair em maio. Ainda segundo a Assessoria de Comunicação Social do órgão, a previsão é de que as provas da seleção sejam aplicadas em julho. Os cargos já foram definidos e as oportunidades serão nos níveis médio e superior.

Nível médio – Haverá chances para técnico judiciário nas áreas Administrativa, Administrativa – Segurança e Transporte (com exigência também de CNH na categoria D), apoio especializado – Contabilidade (com exigência de curso técnico na área também) e apoio especializado – Tecnologia da Informação. Para estes, a remuneração inicial é de R$5.007,82 mensais.

Nível superior – 
As oportunidades de analista judiciário serão nas áreas Judiciária (graduação em Direito), Judiciária/oficial de justiça avaliador federal (Direito), e apoio especializado/Informática (qualquer graduação acrescida de curso de especialização na área de Análise de Sistemas ou qualquer formação superior em Informática). A remuneração inicial destes cargos será de R$8.178,06.

A seleção será para formar cadastro de reserva, para suprir vagas de aposentadorias, desligamentos e criação de novas varas federais, após o esgotamento da validade do último concurso do tribunal (até julho para sem prova prática e agosto, para os que tem prática). A seleção anterior foi realizada pela Fundação Carlos chagas (FCC), para o preenchimento de 48 vagas, além de cadastro,  nos níveis médio, médio/técnico e superior. A carga de trabalho foi de 40 horas para todos, exceto a área de analista – Odontologia, com 30 horas.

Nos níveis médio e médio/técnico, as chances foram para técnico nas áreas Administrativa, Segurança e Transporte, Contabilidade, Enfermagem, Informática e Operação de Computadores. Para o superior, nas áreas Administrativa, Judiciária, Arquitetura, Biblioteconomia, Contadoria, Enfermagem, Engenharia Civil, Informática, Odontologia, Psicologia do Trabalho e Taquigrafia, Execução de Mandados.

Os candidatos realiizaram provas objetiva; redação, apenas para analistas judiciário e de Execução de Mandados; prática de taquigrafia para analista em Taquigrafia; estudo de caso para técnicos em Informática e Operação de Computadores; capacidade física para técnico na área de Segurança e Transportes; digitação para técnico na área Administrativa e em Contabilidade. A validade do concurso foi de dois anos e prorrogada por igual período.

Fonte: Folha Dirigida
Comece seu treinamento por questões de provas anteriores no site Qconcursos.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.