O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

TJ-RJ se prepara para novo concurso com salário acima de 6 mil

TJ RJQuem é graduado ou tem o ensino médio completo e busca a estabilidade empregatícia deve se apressar nos estudos para participar do concurso do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ). O órgão poderá publicar o novo edital já a partir de junho, quando termina a validade da seleção anterior, feita em 2012, prazo após o qual o tribunal ficará sem cadastro de reserva para chamar servidores em caso de necessidade. A seleção irá contemplar os cargos de técnico e analista judiciários, que exigem o ensino médio e superior, respectivamente, e com salários iniciais de R$4.222,13 e R$6.498,26, na mesma ordem, já inclusos os R$704 de vale-refeição. Recentemente, a presidente do TJ-RJ, desembargadora Leila Mariano, confirmou à FOLHA DIRIGIDA a realização do concurso, indicando maior carência na função de técnico. “Temos necessidade de mais servidores para atender ao amplo leque de serviços que prestamos”, ressaltou.
O TJ-RJ está realizando o levantamento das vagas nos setores, tendo em vista as novas convocações que poderão ser feitas até o fim do prazo do concurso anterior, que expira em 18 de maio para técnico e 6 de junho para analista. Segundo o órgão, daquele concurso, foram convocados, até o momento, 1.243 candidatos nas duas funções. A previsão é de que sejam oferecidas vagas também para analistas, graduados em Direito, Economia, Administração e Contabilidade (sem especialidade), e em formações específicas (com especialidade). Para esse último, em 2012, foram selecionados psicólogos, bibliotecários, contadores, médicos, assistentes sociais, analistas de sistemas, comunicadores sociais, executores de mandados (Direito) e comissários da infância, juventude e do idoso (Direito, Administração, Pedagogia, Psicologia ou Serviço Social).
Benefícios – Além da estabilidade empregatícia, o TJ proporciona importantes benefícios, como o auxílio-creche de 874,75, para os que têm filho, enteado ou menor sob guarda, de seis meses a sete anos; auxílio–locomoção, de R$10,50 por dia; auxílio-refeição/alimentação diária de R$32; e plano de saúde e dentário (Amil Blue IV).

O que estudar – Para conquistar uma chance no âmbito do Judiciário fluminense, os interessados devem estudar incansavelmente o conteúdo programático proposto no concurso anterior, feito pela Fundação Carlos Chagas (FCC), e ainda a disciplina de Raciocínio Lógico, que pode ser a novidade a ser incluída no edital, segundo a Assessoria de Imprensa do TJ.

Comece a treinar agora mesmo para o cargo de nível médio. Reveja as questões do último concurso.
Para analista sem especialidade, foram exigidas 90 questões. Já para os analistas com especialidade, 70 questões objetivas e duas discursivas.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.