O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

45% OFF

SEU TEMPO ESTÁ SE ESGOTANDO ⏳ Prepare-se para sua aprovação em 2021 com preço de Black Friday!

QUERO APROVEITAR

Tendências: resolução de questões de concurso aumenta 50% durante a pandemia da Covid-19

Há oito meses era decretado no Brasil estado de calamidade pública decorrente da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). De lá para cá, a sociedade vive um mundo de incertezas. O impacto em todas as esferas sociais foi inevitável, como no setor de concursos públicos, com seleções suspensas e calendários alterados.

No início da crise no Brasil, o Tendências trouxe uma análise sobre como a quarentena afetaria a preparação e rendimento dos concurseiros. Na época, o país contabilizava cerca de 20 mil mortes. Quase oito meses depois e com mais de 160 mil mortes registradas em todo o território nacional, o Qconcursos traz um novo panorama sobre a motivação e desempenho dos alunos nesses tempos difíceis.

Uma pesquisa realizada no início de novembro de 2020 apontou um aumento de 50% no número de questões resolvidas desde outubro de 2019. O destaque vai para o mês de junho, que registrou um recorde no número de resolução de questões em um único mês desde o lançamento do site, há 12 anos.

Nota-se no gráfico acima uma queda a partir de julho de 2020, período que corresponde à reabertura gradual de alguns serviços no país.

Na prática: resolva mais de 1 milhão de questões de concurso

Embora o número de questões resolvidas tenha aumentado, o desempenho nos estudos não foi o mesmo para todos. Enquanto a performance dos assinantes subiu de 67% para 69%, os usuários da plataforma de questões, de modo geral, obtiveram um desempenho menor desde o início da quarentena. A queda do nível de desempenho tem origem em diversos fatores – além do número maior de questões resolvidas, há forte influência da pouca motivação e da mudança drástica na rotina.

Seja um assinante Qconcursos!

Motivação e rotina na pandemia

A pesquisa feita com alunos do Qconcursos mostrou uma diferença na motivação entre quem está há mais tempo se preparando para um concurso e aqueles que iniciaram os estudos há pouco tempo.

Na enquete, os participantes responderam o grau de motivação durante a pandemia, em uma escala de 0 a 5. Observa-se no gráfico acima que os alunos que estudam há menos de um ano estão mais motivados a seguir se preparando para as provas do que aqueles que estão há mais de quatro anos nessa batalha.

Estudando desde 2016 para o concurso de Agente da Polícia Civil do Distrito Federal, Marina Caetano afirma que sua motivação diminuiu bastante nesse período.

“O meu concurso (PCDF) foi adiado duas vezes, e isso contribuiu para essa diminuição da motivação e, por consequência, do ritmo de estudo”, comenta a estudante de 25 anos.

Para a psicóloga Renata Xisto, a falta de motivação está em vários aspectos, pois cada pessoa reage de uma forma frente a determinadas situações. Com a pandemia, não é diferente.

“Temos o grupo das pessoas que continuam trabalhando fora nesta pandemia e, quando chegam em casa, já têm os filhos que não estão na escola, com energia total, esposa em sistema de home office, ainda trabalhando, e acabam não conseguindo um local tranquilo para estudar, apesar de quererem. Outro grupo pertence àqueles que já não têm um planejamento de estudo e a pandemia pesou ainda mais para que não se concentrassem no estudo, ou seja, virou mais uma desculpa. Tem o grupo dos que têm um planejamento, mas, com a pandemia, se sentiram cerceados, isolados e isso pesou no emocional, deixando-os ainda mais ansiosos e sem a concentração necessária e força de vontade para estudar”, explica Xisto.

O planejamento mencionado pela psicóloga é refletido na pesquisa. Ao relacionar o nível de motivação dos alunos com a rotina nessa pandemia, observa-se a importância das regras no dia a dia de estudos.

O gráfico indica que os concurseiros mais motivados a estudar tendem a ser aqueles que já retornaram à rotina normal. Enquanto isso, aqueles que ainda seguem uma rotina totalmente diferente da anterior inclinam-se à menor motivação.

Leia mais: como a organização afeta o rendimento nos estudos

De acordo com a pesquisa, os candidatos mais motivados têm um desempenho levemente superior nas tarefas, diferentemente daqueles que estão entre os mais desanimados, como visto no gráfico abaixo.

No entanto, segundo a psicóloga Renata Xisto, essa situação pode mudar. Para ter êxito nos estudos, o indivíduo precisa ter clara qual é a sua motivação.

“Assim, estabelece-se um planejamento que deve ser seguido até o final. É difícil, requer disciplina e foco. É preciso abrir mão de muitas coisas, e muitos não estão preparados. Temos uma parcela da população muito imediatista, e, quando se trata de estudos, estamos falando de médio, longo prazo”, aconselha Renata.

Em abril, era quase impossível encontrar uma resposta para a pergunta sobre o futuro do concurseiro após a Covid-19. Sete meses depois, algumas incertezas continuam, mas já é possível avistar novos horizontes. A Marina Caetano, por exemplo, enfrentou a falta de motivação com o concurso da PCDF e decidiu começar a estudar para a seleção da Polícia Federal.

“A questão para iniciar o processo de estudo talvez não seja descobrir o que está nos desmotivando, mas sim o que queremos verdadeiramente. Quando faz sentido, quando faz diferença, a gente vai à luta”, encerra Xisto.

Concursos abertos e previstos

Atualmente, o país está com mais de 240 concursos e processos seletivos simplificados abertos. São mais de 13 mil vagas para cargos de todos os níveis de escolaridade e variadas áreas de atuação. Os salários chegam a R$ 20 mil.

Além das oportunidades em andamento, há boas previsões para 2021, como o concurso do IBGE, que foi adiado para o próximo ano devido à pandemia da Covid-19. Há expectativas também para TCU, Funai, ANTT e Banco do Brasil, além das seleções nas carreiras de tribunais e policiais. Veja a lista completa dos concursos abertos e previstos nos links abaixo:

Concursos abertos: mais de 13 mil vagas em todo o Brasil

Concursos 2021: confira os editais previstos

Reportagem produzida com a colaboração de Vitor Silva.


Quer ficar por dentro das principais notícias que rolam no mundo dos concursos? Acompanhe o nosso canal no Telegram e fique por dentro de tudo!

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.