O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Concurso TRF 4: provas em agosto; até R$ 13 mil inicial

O concurso do TRF 4 caiu como uma “bomba” no colo daqueles que não acreditavam mais em publicações de editais para o judiciário federal em 2019.

O órgão, que já vinha dando indícios que sairia em 2019, tornou público, em 30 de maio, seu edital ofertando vagas para diversos cargos e escolaridade.

Resumo concurso TRF 4ª Região

  • Órgão: TRF 4;
  • Banca: FCC;
  • Cargos: Técnico e Analista;
  • Escolaridade: médio e superior;
  • Salários: R$ 8,5 mil e R$ 13,3 mil;
  • Inscrições: encerradas;
  • Provas: 4 de agosto 2019.

Quais estados fazem parte do TRF 4?

Como é sabido, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região abrange os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná e é aguardado desde a expiração do concurso passado.

Além das capitais, muitas são as seções judiciárias abrangidas nessas localidades, que são separadas em microrregiões, além da sede do órgão.

Quais os cargos oferecidos pelo Tribunal Regional Federal?

O edital TRF 4 trouxe em seu bojo oportunidades para os já tradicionais cargos e Técnico Judiciário e Analista Judiciário, na seguinte disposição:

  • Técnico Judiciário: área administrativa, tecnologia da informação e segurança e transporte;
  • Analista Judiciário: área judiciária, oficial de justiça avaliador e tecnologia da informação.

Muito se especulou sobre se haveria abertura para o cargo de Analista na área judiciária. Conforme podemos ver, o edital ratificou que esse seria sim um cargo aberto à disputa.

Qual a banca organizadora da seleção?

Tal como foi no concurso de 2014, o concurso do TRF 4 de 2019 trouxe a Fundação Carlos Chagas (FCC) como organizadora da seleção.

Quantas vagas têm no edital TRF 4?

Assim como na última seleção, o edital TRF 4 não disponibilizou nenhuma vaga imediata para o concurso de 2019.

Mas isso não é um problema. Basta lembrarmos que, durante a vigência do órgão, foram convocados aproximadamente 600 aprovados.

O que fazem os técnicos e analistas do TRF 4?

Aquele que for nomeado a ocupar cargo de Analista da área judiciária no TRF 4, terá a incumbência de auxiliar os membros do órgão (juízes) na sua função judicante, além de outros serviços descritos na lei do cargo.

Já o Oficial Avaliador terá a função essencial de fazer os trabalhos externos, como notificações, intimações e outras ações determinadas pelos juízes do órgão.

Os ocupantes dos cargos de Tecnologia da Informação, tento Técnicos, como Analistas, serão responsáveis por manter os sistemas e estrutura do TRF 4 para a melhor operação dos demais servidores e colaboradores.

Os técnicos da área administrativa, basicamente, realizam os mesmos serviços dos analistas judiciários, mas em nível mais baixo. Ou seja, são essenciais na função judicante dos magistrados lotados no órgão.

Quanto recebem no TRF 4?

Os ocupantes do TRF 4 recebem altos salários, comparado aos demais órgãos estaduais e até mesmo federais. Variam de R$ 8,5 mil até R$ 13,3 mil a depender do cargo escolhido. Veja na tabela:

Acima vimos o valor da remuneração base somada à gratificação pela atividade judiciária, bem como o auxílio-alimentação. Porém, os valores podem ser acrescidos com adicionais de treinamento e qualificação. Confira:

No caso do adicional de treinamento, qualquer ocupante de cargo que tenha cursos afins às atividades desempenhadas no órgão poderá receber, limitado a 360 horas, 1% a cada 120h estudadas.

Já o adicional de qualificação requer títulos. Os valores descritos na tabela acima se referem, respectivamente: graduação, especialização, mestrado e doutorado.

Quais são as etapas/ fases do concurso TRF 4?

O concurso TRF 4 será separado em etapas: no geral, serão aplicadas provas objetivas e discursivas (redação ou estudo de caso).

No caso do cargo de Técnico em Segurança e Transporte, prova de capacidade física.  Veja abaixo:

Técnico Judiciário

Analista Judiciário

Quais disciplinas serão cobradas no TRF 4?

A prova objetiva terá como objetivo de avaliação as disciplinas dispostas abaixo:

Técnico Administrativo:

  • Português;
  • Raciocínio Lógico e Matemática;
  • Direito Administrativo
  • Direito Constitucional;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito Previdenciário;
  • Direito Tributário e
  • Noções sobre Direitos sobre Pessoas com Deficiência.

Oficial de Justiça:

  • Português;
  • Raciocínio Lógico e Matemática;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Penal;
  • Noções sobre Direitos sobre Pessoas com Deficiência.

Analista Administrativo – Área Judiciária:

  • Português;
  • Raciocínio Lógico e Matemática;
  • Direito Administrativo
  • Direito Constitucional;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Civil;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito Penal;
  • Direito Previdenciário;
  • Direito Tributário e
  • Noções sobre Direitos sobre Pessoas com Deficiência.

Veja agora as principais datas trazidas no edital TRF

No cronograma a seguir, separamos as datas que deverão ser observadas pelo candidato a um dos cargos oferecidas. Vamos a elas:

  • Inscrições: encerradas
  • Convocação para locais de prova: 18 de julho 2019
  • Provas: 4 de agosto 2019
  • Gabaritos preliminares: 5 de agosto 2019
  • Resultado: 25 de setembro 2019
  • Convocação prova de capacidade física: 17 de outubro 2019
  • Prova de capacidade física: 3 de novembro 2019

Conheça aqui pacotes para o TRF 4: AJAJ TRF 3 + TRF 4, Técnico TRF 3 + TRF 4, TJAA, AJAJ, Oficial de Justiça e Pacote conjunto.

Fique ligado em nosso blog e acompanhe as principais notícias de concurso em primeira mão.

Quer saber mais sobre concursos, motivação e produtividade? Siga-me no instagram @mauriciosa_

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.