O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

TJ SP - histórico indica novo edital de 2019 a 2020

O TJ SP é um tribunal com histórico de realizar concursos com poucos intervalos de tempo e, por isso, é grande a expectativa para outra seleção.

Além disso, a seleção anterior vencerá no final deste ano. É esperado um novo edital para o cargo de nível médio, Técnico Judiciário - Escrevente. A remuneração inicial é de R$ 6.112,10.

Quais os passos para o concurso TJ SP?

Por ora, não há movimentações divulgadas pelo tribunal a respeito de um novo certamente.

O primeiro passo para um concurso público é autorização pelo presidente do tribunal, após estudos realizados por uma comissão formada para o concurso.

Após isso, a comissão forma o projeto básico do concurso, o qual consta informações gerais que serão repassadas para as bancas organizadoras.

Resumo concurso TJ SP

Quer saber tudo sobre o concurso TJ SP?

Nesta matéria, o último concurso TJ SP é analisado em detalhes.

  • O que faz um Escrevente do TJ SP?
  • Quanto ganha um Escrevente no TJ SP?
  • Como foi o último concurso TJ SP?
  • Quais conteúdos foram cobrados?
  • E a prova de digitação e formatação?
  • Quantos foram chamados no último concurso?

O que faz um Escrevente do TJ SP?

O Escrevente é um servidor responsável por executar atividades de organização dos serviços do tribunal. Geralmente, exerce a função de suporte técnico e administrativo às diversas unidades, trabalhando lado a lado de juízes e promotores.

Não somente isso, o Escrevente pode trabalhar em cartórios civis ou criminais, expedindo determinações do juiz via despacho. O servidor pode emitir de alvarás até mandados de prisão.

Assim, o Escrevente é um importante servidor dentro do funcionamento do tribunal, ao dar o encaminhamento correto aos processos, de acordo com a decisão dos magistrados.

Quanto ganha um Escrevente no TJ SP?

Um Escrevente recém-aprovado chega a receber, inicialmente, R$ 6.112,10. Este valor é composto pela remuneração inicial de R$4.792,10, auxílio-alimentação de R$ 45 por dia (R$ 990, por 22 dias) e auxílio-saúde de R$330.

O servidor também pode receber os adicionais de qualificação, indo de 5% a 12,5% a mais na remuneração de acordo com o título.

Veja a tabela abaixo com o vencimento básico:

Como foi o último concurso TJ SP?

O último concurso do TJ SP foi organizado pela Vunesp e ocorreu em 2017. A escolaridade exigida era somente nível médio completo.

O edital trouxe 590 para provimento imediato, com a seguinte divisão:

  • 400 vagas para a Capital
  • 190 distribuídas pela região de Campinas

Ao todo, as provas foram aplicadas em 18 localidades

São Paulo

  • Campinas
  • Mogi das Cruzes
  • Guarulhos
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Santo André
  • São Bernardo do Campo
  • Americana
  • Amparo
  • Bragança Paulista
  • Jundiaí
  • Limeira
  • Mogi Mirim
  • Piracicaba
  • Pirassununga
  • Rio Claro
  • São João da Boa Vista

O concurso foi formado por duas etapas: prova objetiva de conhecimentos e prova prática.

A prova objetiva teve como estrutura três blocos de questões, com 100 itens, ao todo, de múltipla escolha.

Já a prova prática, de formatação e digitação, teve caráter tão somente caráter eliminatório.

Quais conteúdos foram cobrados?

O primeiro Bloco de questões foi somente de Língua Portuguesa, com 24 itens.

Já o Bloco II cobrava os Conhecimentos em Direito. Foram cobradas 40 questões com os seguintes conteúdos:

  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Direito Processual Civil
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Normas da Corregedoria Geral da Justiça

O último bloco foi de Conhecimentos Gerais. A divisão ficou a seguinte:

  • 4 questões de Atualidades
  • 6 questões de Matemática
  • 16 questões de Informática
  • 10 questões de Raciocínio Lógico

E a prova de digitação e formatação?

A prova de digitação constou de duas atividades: formatação e digitação de um texto preestabelecido.

A etapa de formatação teve pontuação de 0 a 2 pontos, descontado 0,2 a cada erro cometido.

Já a fase da digitação possuía pontuação máxima de 8 pontos. O candidato precisou copiar um texto impresso de 1.800 caracteres em um microcomputador.

Para cada erro cometido, foram descontados 0,05 ponto.

6 - Quantos foram chamados no último concurso?

De acordo com o histórico de concursos do TJ SP, é comum que todos os aprovados sejam chamados. No penúltimo concurso, ocorrido em 2015, foram convocados 1200 aprovados nos dois anos de validade do certame.

Já na seleção de 2017, foram convocados mais de 847 candidatos aprovados para a capital, sendo que eram 400 vagas previstas no edital.


Conheça cursos completos para o TJ SP, para Escrevente Técnico

Fique ligado em nosso blog e acompanhe as principais notícias de concurso em primeira mão.

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.