O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Orçamento do STF aprova 32 nomeações

A sessão administrativa desta quarta-feira (14/8) aprovou o orçamento do tribunal para 2020. Nele, estão previstas 32 nomeações, sendo 15 para este ano e 17 para 2020. Entretanto, não se pode afirmar se haverá um novo concurso STF.

O último concurso STF ocorreu em 2013 e teve a validade expirada em março de 2016. Desde então, o supremo tem aproveitado servidores de outros tribunais. Por esse motivo, é difícil precisar se há possibilidades das nomeações autorizadas serem convertidas em novo concurso.

Além disso, o próprio STF já esclareceu que não há previsão de realização de concurso público para provimento de cargos efetivos.

O orçamento aprovado para 2020 também é menor que os anos anteriores. E, segundo nota do próprio órgão, a prioridade é para "despesas primárias com pessoal, custeio e investimento".

O último levantamento do STF indica 47 cargos vagos, 22 de Analistas Judiciários e 25 de Técnicos Judiciários. A divisão é a seguinte:

  • Analista Judiciário - Área Administrativa: 5
  • Analista Judiciário - Apoio Especializado: 5
  • Analista Judiciário - Área Judiciária: 12
  • Técnico Judiciário - Área Administrativa: 20
  • Técnico Judiciário - Apoio Especializado: 5

Concurso STF 2013

O último concurso para o STF foi em  2013 e foi organizado pela Cebraspe. Na época, foram disponibilizadas 36 vagas.

A remuneração atual de Analistas Judiciários é por volta de R$ 12 mil, mas pode chegar até R$ 18.701,52. Já para Técnicos Judiciário inicia com R$ 7.591,73 e alcança R$ 11.398,39.

Ambos cargos podem ainda receber gratificações de 1% até 35% do vencimento base. E, além disso, recebem benefícios como auxílio-alimentação, auxílio-transporte etc.

O último concurso teve duas etapas: prova objetiva e prova discursiva. A fase objetiva era formada por uma prova de 120 questões, as quais 50 eram de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos.

Os conteúdos cobrados foram:

  • Português
  • Raciocínio Lógico
  • Língua Inglesa
  • Noções de Informática
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Legislação Específica
  • Regimento Interno do STF
  • Conhecimentos Específicos de acordo com o cargo

Resumo concurso STF

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.