O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora

Concurso INSS - uma comparação entre as últimas provas

Após a recusa do Ministério da Economia para atender a recomendação do MPF, a PGDF já declarou que irá enviar Ação Civil Pública para a realização do certame. Essa medida é tomada quando as recomendações do ministério não são atendidas.

A procuradora responsável pela Ação Civil já está trabalhando no documento, porém ele ainda não foi impetrado. Com isso, resta a espera pela conclusão do complicado desenrolar do concurso INSS.

Situação atual do INSS

O último concurso do INSS foi realizado somente m 2016 e o déficit de servidores preocupa o órgão. Desde o mesmo ano, cerca de 6 mil servidores se aposentaram, sendo a maior quantidade registrada no primeiro semestre de 2019 - 2.471.

A maior parte é do cargo de Técnico do Seguro Social, com 2.417 vacâncias. A falta desses servidores têm afetado o fornecimento de serviços e a situação atual é de atendimentos que  levam o dobro do tempo regulamentar.

Além disso, a digitalização dos serviços não amenizou tanto o problema, já que as filas físicas se transformaram em filas eletrônicas. O último levantamento mostrou que há 2,1 milhões de processos com análise pendente.

Com a situação precária do órgão, é possível levantar a expectativa de um novo concurso para suprimir a demanda.

Últimos concurso para Técnico do Seguro Social

Os últimos concursos para Técnico do Seguro Social ocorreram em:

  • 2016, organizado pela Cebraspe
  • 2012, organizado pela FCC

No mais recente, realizado em 2016, 1 milhão de candidatos se inscreveram, sendo 1.304 candidato por vaga. Essa alta demanda é devida, principalmente, pelo concurso ofertar vagas em diversos estados brasileiros - o que atrai um alto público.

Últimas provas concurso INSS

A prova de 2016 tinha 120 questões ao todo, sendo dessas:

  • 50 de Conhecimentos Gerais
  • 70 de Conhecimentos Específicos

Na área de Conhecimentos Gerais, os conteúdos cobrados foram:

  • Língua Portuguesa,
  • Raciocínio Lógico,
  • Informática,
  • Direito Constitucional,
  • Direito Administrativo,
  • Ética no Serviço Público,
  • Regime Jurídico Único
  • e Seguridade Social.

Já em Conhecimentos Específicos, o único conteúdo cobrado foi Direito Previdenciário.

Na prova de 2012, o número de questões foi menor. Das 60 questões, 20 eram de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos.

O único conteúdo não cobrado em Conhecimentos Gerais, comparado com o certame de 2016, foi o subtítulo de Seguridade Social. Em Conhecimentos Específicos, as questões eram à respeito de Direito Previdenciário.

Comparação entre conteúdos

Nossa equipe reuniu, na tabela abaixo, a quantidade de questões cobrada por conteúdo de Conhecimentos Gerais. Lembre-se que a porcentagem de cobrança é de acordo com o total de questões, as quais foi menor na prova de 2012.

Perceba que, mesmo com a diferença de quantidade total de questões, Língua Portuguesa é o líder de frequência de questões.

Outros conteúdos que apresentaram frequências próximas foram: Raciocínio Lógico, Informática e Noções de Direito Administrativo.

Notas de corte do último concurso

O último concurso, de 2016, ofertou vagas para diversas regiões. Elencamos as notas de corte de algumas (lembrando que nota máxima da prova é de 120 pontos):

  • São Paulo/SP (leste) - 102 pontos (85%)
  • São Paulo/SP (norte) - 102 pontos (85%)
  • Belo Horizonte/MG - 103 pontos (85,8%)
  • Curitiba/PR - 104 pontos (86,6%)
  • Recife/PE - 104 pontos (86,6%)
  • São Luís/ MA - 101 pontos (84,1%)

Resumo concurso INSS

  • Situação: esperando autorização
  • Vagas: 950 (de acordo com o último pedido)
  • Cargos: Técnico do Seguro Social e Analista do Seguro Social
  • Remuneração: de R$5.400 (técnico) a R$8.300 (analista)
  • Pacotes completos para o concurso INSS aqui

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.