O seu navegador (Generic Browser 0) está desatualizado. Melhore sua experiência em nosso site!
Atualize Agora
Semana do Brasil: assine o Plano Anual Premium com 30% de desconto! Quero aproveitar!

Concurso CRP-PR: divulgado edital com 250 vagas

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) está com inscrições abertas para um novo concurso público. São ofertadas 250 vagas para cadastro reserva, incluindo oportunidades para nível médio e superior.

Distribuição de vagas e remuneração

Nível médio: são 100 vagas para o cargo de Auxiliar Administrativo/Financeiro. A carga de trabalho é de 40 horas semanais, e a remuneração inicial é de R$ 1.584,25.

Nível superior: são oferecidas 150 vagas divididas entre os cargos de Contador (25), Jornalista (25) e Orientador Fiscal Trainee (100).

A jornada de trabalho varia entre 25 e 40 horas semanais, e a remuneração vai de R$ 3.663,75 até R$ 4.147,12. A vaga de Orientador Fiscal Trainee exige graduação completa no curso de Psicologia.

Todas as vagas estão divididas entre as cidades de Cascavel, Curitiba, Londrina e Maringá, e também dão direito a vale-refeição de R$ 47,75 por dia, plano de saúde, vale-transporte, assistência odontológica, auxílio morte/funeral e auxílio creche.

Inscrição

As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas através do site da banca organizadora Quadrix . O prazo vai até as 23h59 do dia 8 de julho, e a taxa de inscrição é de R$ 55,00 para cargos de nível médio e R$ 65,00 para nível superior.

Etapas do concurso

O concurso será realizado em duas fases, sendo a primeira uma prova objetiva e a segunda uma avaliação de títulos (somente para cargos de nível superior).

Prova objetiva

A prova objetiva será composta por 120 questões, que deverão ser respondidas com “certo” ou “errado”. As questões estão divididas entre conhecimentos básicos (40), conhecimentos específicos (50) e conhecimentos complementares (30).

Conteúdo programático

Na área de conhecimentos básicos, serão aplicados conceitos de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Raciocínio Lógico e Matemático e Atualidades.

Em conhecimentos complementares, às matérias abordadas serão Legislação e Ética na Administração Pública e Noções de Direito Constitucional.

A parte de conhecimentos específicos abordará conceitos de Noções de Administração Pública, Organização e Orçamento Público para o cargo de Auxiliar Administrativo/Financeiro e para os demais cargos cairão questões sobre suas respectivas áreas de formação.

Critério de avaliação

Cada pergunta da prova valerá um ponto. Se a resposta marcada estiver incorreta, o candidato perderá 0,5 pontos, e caso não haja marcação ou haja marcação dupla, não será aplicada nenhuma pontuação para a questão.

Para ser aprovado, o candidato deverá obter uma pontuação mínima de 16 na área de conhecimentos básicos, 10 em conhecimentos complementares e 17 em conhecimentos específicos. A pontuação final na prova objetiva será obtida pela soma das notas obtidas em cada área de conhecimento.

Avaliação de títulos

Para a avaliação de títulos, serão considerados os seguintes documentos:

  • Doutorado: diploma, devidamente registrado, de conclusão do curso de pós-graduação (nível de doutorado), fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Mestrado: diploma, devidamente registrado, de conclusão do curso de pós-graduação em nível de mestrado (título de mestre), fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Pós-graduação especialização lato sensu: certificado/declaração de conclusão de curso de pós-graduação em nível de especialização lato sensu, expedido por instituição credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), acompanhado de histórico escolar, com carga horária mínima de 360 horas/aula.

Inicie seus estudos!

Resolva questões da banca

Cadastre-se e faça parte da maior comunidade de ensino on-line do Brasil.


Faça login ou cadastre-se para comentar.